EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

27 de Janeiro de 2020

  • Efeitos da reforma

    É pouco tempo para avaliações mais profundas sobre ela, tendo em vista ainda o difícil período enfrentado pelo País desde 2015, cuja recuperação segue ainda lenta e gradual
  • 2020 já começa com 'maldades'

    A Emenda Constitucional 103/2019 definiu alterações nas regras de transição a partir de 1º de janeiro de 2020.
  • 2019 foi um ano muito ruim

    As reformas trabalhista e previdenciária reduziram substancialmente os direitos dos trabalhadores, sem nenhum retorno efetivo na economia nacional.
  • Sindicatos em baixa

    Alguns fatores resultaram na queda do interesse pela sindicalização, que atinge níveis muito baixos na maioria dos países
  • Governo federal quer frear ações contra INSS

    Projeto de lei enviado à Câmara pode dificultar concessão de gratuidade na Justiça
  • Querem tirar dos trabalhadores o acesso à Justiça

    As reformas trabalhistas, impondo custas e honorários, reduziram substancialmente as ações judiciais. Agora querem levar esta maldade para as ações previdenciárias.
  • Criaram o Imposto sobre Grandes Pobrezas

    Se não fosse trágico... A desoneração da folha salarial nunca trouxe bons retornos, e agora querem descontar dos desempregados.
  • STF mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

    Ministros do Supremo entenderam ser inconstitucional trecho da reforma trabalhista que previa a necessidade de atestado médico para gestantes serem afastadas
  • Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá continuará com a prefeitura

    Garantia foi dada nesta quinta-feira (7) pelo chefe do Executivo, Válter Suman (PSB)
  • Para o alto e avante

    Vivemos hoje um cenário propício ao aumento do nível de produtividade da economia e os primeiros reflexos dessa mudança já podem ser vistos no aquecimento do setor imobiliário e nos investimentos realizados pelas pessoas físicas e jurídicas