EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

10 de Julho de 2020

Petroleiros fazem protesto em Santos contra o desmonte das atividades da Petrobras neste sábado

Protesto está marcado para as 9h30, no Edifício Valongo, e manifestantes irão seguir as normas de distanciamento social

O Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro-LP) realiza, neste sábado (30), às 9h30 da manhã, um protesto silencioso no Edifício Valongo, em Santos. As denúncias e reivindicações serão descritas em cartazes, e o protesto respeitará as normas de distanciamento social entre os manifestantes, segundo o Sindipetro. A motivação do protesto é o desmonte das atividades da Petrobras em Santos, com a transferência de 937 funcionários para o Rio de Janeiro, que geraria desemprego na região.

A escolha do local foi simbólica, segundo a categoria, já que o prédio abriga a sede administrativa da Petrobras, e centralizava as operações de suporte às atividades de exploração e produção nas plataformas do pré-sal.

“O Valongo vem sofrendo um esvaziamento de suas atividades, com transferências de empregados próprios para o Rio de Janeiro e demissões de trabalhadores terceirizados”, diz o Sindipetro em nota.

A classe política da Baixada Santista cobrou posicionamento ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para evitar o fechamento de postos de trabalho.

Tudo sobre: