EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

23 de Agosto de 2019

Casos de febre amarela no Vale aumentam conscientização de vacinação na Baixada

Em Eldorado, nove casos foram registrados, com três mortes confirmadas. Secretarias de Saúde fazem alerta à população

Nas últimas semanas, a cidade de Eldorado, no Vale do Ribeira, registrou, ao todo, nove casos de pacientes com febre amarela. Desse total, três pessoas acabaram morrendo, enquanto as outras seguem internadas e em observação. Com isso, secretarias de Saúde das cidades da Baixada Santista passaram a reforçar o alerta à população quanto aos cuidados e orientações sobre a doença.

Na Baixada, nos últimos dois anos, duas pessoas morreram em decorrência da febre amarela - uma em Guarujá e outra em Itanhaém, conforme dados das secretarias de Saúde dos municípios. Nesse mesmo período, Peruíbe teve quatro casos confirmados da doença, mas nenhuma morte. Santos, Cubatão, Praia Grande e Bertioga foram as cidades que não tiveram pacientes com febre amarela.

Além dos casos confirmados no Vale do Ribeira, na quinta-feira (17), uma macaca adulta, da espécia sagui-de-tufo-branco, foi encontrada morta na Vila Mathias, em Santos. As vísceras do animal estão sendo analisadas no Instituto Adolfo Lutz, na Capital, para confirmar ou descartar que o bicho estava com febre amarela.

Todos os municípios da região estão abastecidos com vacinas contra a febre amarela. As secretarias conscientizam a população a se vacinar, uma vez que é a principal ferramenta de prevenção e controle da doença.

Vacinação é a principal ferramenta de prevenção e controle da febre amarela (Foto: Divulgação)

Confira a lista de onde se vacinar:

Praia Grande: Unidades de Saúde da Família (Usafas)

Guarujá: Unidades Básicas de Saúde (UBSs)

Cubatão: UBS e Unidade de Saúde da Família (USF)

São Vicente: UBS

Peruíbe: UBS e Programa da Saúde da Família (PSF)

Bertioga: UBS e USF

Mongaguá: USF

Santos: Policlínicas

Itanhaém: USF