Jesualdo Ferreira se emociona ao se despedir dos jogadores do Santos

Apesar de gostar muito do treinador, os atletas entendem que o trabalho não apresentou evolução

A demissão do técnico Jesualdo Ferreira, na tarde desta quarta-feira (5), resultou em um misto de sentimentos no elenco do Santos. O português era muito querido pelos atletas, que, apesar disso, entendem que o trabalho executado por ele não vinha apresentando evolução. 

Depois de ser comunicado do desligamento, Jesualdo se reuniu com os jogadores e fez um discurso de despedida. As próprias palavras, somadas aos abraços dos atletas, emocionaram o treinador, que em seguida deixou o CT Rei Pelé.

Jesualdo Ferreira era unanimidade como pessoa no elenco. O  estilo paizão, professoral e conselheiro do treinador cativava os jogadores. Porém, internamente o discurso é de que a filosofia implantada por ele não casou com o perfil dos atletas, e isso se refletiu no desempenho da equipe dentro de campo. 

Após a atividade do dia, comandada por Pablo Fernandez, técnico do sub-20, e Rodrigo Casarin, treinador do sub-17, o atacante Renyer, que se recupera de lesão, e o lateral-esquerdo Felipe Jonatan usaram as suas redes sociais para demonstrar publicamente o carinho pelo agora ex-treinador. 

"Professor, eu sou apenas agradecimentos ao senhor por este curto período de convivência. Muito obrigado pela confiança depositada em mim, por todos os conselhos e ensinamentos. Nunca esquecerei de quem realizou o meu sonho de estrear com a camisa do Santos!", escreveu Renyer, que foi promovido aos profissionais por Jesualdo.

Renyer agradeceu publicamente ao treinador pela oportunidade no elenco profissional (Ivan Storti/SantosFC)

"Só gratidão por todos os ensinamentos, Mister! Que Deus continue dando saúde e sabedoria por onde quer que o senhor vá", publicou Felipe Jonatan antes de apontar uma das característica do técnico. "Grande coração". 

Ao todo, Jesualdo comandou o time da Vila Belmiro em 15 partidas e conquistou seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Aproveitamento de 48%. 

Sob o comando de Fernandez e Casarin, o Santos segue, na tarde desta quinta-feira (6), no CT Rei Pelé, a preparação para a estreia no Campeonato Brasileiro, domingo (9), às 16 horas, na Vila Belmiro, diante do Red Bull Bragantino.

Tudo sobre: