Festival de Verão sem Censura tem participações santistas na Capital

Grupo santista Trupe Olho da Rua marca presença no festival

Começa nesta sexta-feira (17) e vai até o final do mês, em São Paulo, o Festival Verão Sem Censura, que celebra a democracia e a liberdade de expressão com festival que promove mais de 45 atividades como shows, peças de teatro, exibições de cinema, exposições, debates, performances e carnaval que passaram por algum tipo de censura. 

Entre elas, está a peça Blitz – O Império que nunca dorme, do grupo santista Trupe Olho da Rua. A apresentação acontece neste sábado (18) e domingo (19), às 15 horas, na Vila Itororó (Rua Martiniano de Carvalho, 265, Bela Vista). O espetáculo, que faz uma sátira crítica à instituição da Polícia Militar. Em 2016, o grupo se apresentava na Praça dos Andradas quando os artistas foram abordados pela PM e um de seus integrantes foi preso.

A programação gratuita inclui diversos espetáculos censurados em 2019, como Res Publica 2023, que foi vetado pela Funart, apresentada nos dias 22 e 23, no Centro Cultural da Juventude (CCJ). 

Também no CCJ, sábado (18) e domingo (19), acontece a apresentação de Domínio Público, na qual a atriz transsexual santista Renata Carvalho, junto com os artistas Maikon K, Wagner Schwartz e Elisabete Finger, fazem uma reflexão a partir dos ataques sofridos em 2017. Renata passou por vários episódios de censura com a peça O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu, onde ela interpreta Cristo.

A programação completa está em https://tinyurl.com/w5f5ql6.

Tudo sobre: