#CulturaemCasa exibe Mostra de Cinema Virtual

Longa russo 'O Conto do Czar Saltan' será exibido nesta quinta (3), às 21 horas

Até o final do mês, é possível assistir, gratuitamente, a 33 filmes vindos de 21 países. Trata-se da 1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual, que diariamente, às 19 e às 22 horas, apresenta títulos inéditos na plataforma #CulturaemCasa.

A mostra, organizada pelas secretarias estaduais de Cultura e Economia Criativa e de Relações Internacionais, em parceria com a organização Amigos da Arte, traz uma seleção de filmes produzidos nos últimos cinco anos nas categorias de ficção, animação e documentário, de curta e longa-metragem. 

Para realizar a mostra, o Governo do Estado envolveu consulados, embaixadas e institutos estrangeiros com sede em São Paulo. “A 1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo nasceu graças à ótima interlocução que sempre tivemos com embaixadas, consulados e institutos culturais. A parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa também foi fundamental para que esse projeto se concretizasse", diz o secretário de Relações Internacionais, Julio Serson. 

Participam da mostra produções da Alemanha, Angola, Argentina, Bélgica, Cabo Verde, Canadá, Coreia do Sul, Espanha, Equador, Geórgia, Hungria, Índia, Itália, Japão, Luxemburgo, Moldávia, Nicarágua, Países Baixos, Paraguai, Rússia e Uruguai. 

“A mostra é um instrumento de diplomacia cultural e traz todos os benefícios, como a ampliação do acesso, formação de público, oxigenação de ambiente cultural. Temos acesso a filmes que, de outro modo, não teríamos essa oportunidade”, afirma o secretário de Cultura, Sérgio Sá Leitão, que garante que a mostra continuará no próximo ano. Ele pretende ainda ampliar esse modelo para um festival de música internacional. 

Programação

As exibições começaram na terça-feira e alguns títulos estão disponíveis para serem assistidos enquanto durar a mostra. Hoje, o público pode conferir, às 19 horas, o curta-animação equatoriano Piqueiro, com roteiro e direção de Gino Francesco Baldeón Ottati, onde em pouco mais de dois minutos, um piqueiro de pés azuis (um dos ícones das Ilhas Galápagos) apresenta uma combinação de sonhos lúcidos e de pensamentos surreais de um ser azul, metade homem, metade pássaro. 

Às 21 horas, é a vez do longa russo O Conto do Czar Saltan, de Aleksandr Ptushko, que conta a história de uma czarina traída por suas irmãs invejosas e aporta numa ilha mágica depois de ter sido lançada ao mar com seu filho, dentro de um barril selado. Com a ajuda de um cisne encantado que realiza desejos, o rapaz inicia uma fantástica aventura que o levará ao encontro do pai e ao desmascaramento das farsantes. A programação completa está no site (clique aqui).

Tudo sobre: