EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

10 de Agosto de 2020

'Auto da Compadecida' ganha releitura em encenação no Sesc Santos, nesta sexta-feira

História escrita por Ariano Suassuna é uma das mais famosas no país

A história de João Grilo e Chicó vai ganhar uma roupagem irônica e atual no teatro do Sesc Santos. O grupo mineiro Maria Cutia apresenta nesta sexta-feira (17), a partir das 20 horas, o espetáculo 'O Auto da Compadecida', dirigido por Gabriel Vilela, com ingressos esgotados. 

As aventuras quase circenses da dupla começam com o enterro e o testamento do cachorro do Padeiro e de sua Mulher, e acabam em uma epopeia milagrosa no sertão envolvendo o clero, o cangaço, Jesus, Maria e o Diabo. No palco, sete atores trazem referências contemporâneas para, com humor, fazer a plateia refletir sobre temas como racismo, exploração da fé alheia e ganância.

O cenário e o figurino trazem um sincretismo entre a estética oriental presente nas tapeçarias indianas, o cangaço de Pernambuco e o barroco mineiro com motivos chineses da Igreja de Nossa Senhora do Ó de Sabará.

O repertório musical é tocado e cantado ao vivo, com músicas que entrelaçam o regionalismo mineiro e o pernambucano, com músicas do universo do tropicalismo e do carnaval, com letras que estão dentro do contexto da peça.

Apesar do texto de Ariano Suassuna ter sido popularizado pelo filme e minissérie de TV dirigidos por Guel Arraes, o espectador não deve esperar muitas semelhanças. 

“Nosso espetáculo é completamente diferente do que o público conheceu. Não tem o regionalismo, são figuras míticas que ninguém sabe muito bem de onde vêm e que aparecem para contar a história”, afirma o ator Leonardo Rocha, que dá vida a João Grilo e é um dos fundadores do Grupo Maria Cutia.
Para Rocha, essa diferença é fundamental até para se distanciar da obra televisiva. “Está muito enraizada a imagem dos dois personagens com Matheus (Nachtergaele) e Selton (Mello). Fazer uma coisa completamente diferente foi importante. Mas coisas como o gato que descome dinheiro estão mantidas”, explica o ator.

O Sesc fica na Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida, Santos.

Tudo sobre: