EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

19 de Julho de 2019

'Parque dos Sonhos' chega aos cinemas após meses de espera

Para fugir da concorrência da Disney, Paramount segurou animação por sete meses. Resultado é satisfatório

Continua a acontecer a invasão de filmes de animação, incluindo o brasileiro 'Tito e os Pássaros', que é delicado e bem feito. Quem admira os nossos trabalhos deve experimentar. Mas se é ação e brincadeira, fique com 'O Parque dos Sonhos', que é menos conhecido e tem a participação de voz (ou seja, só para quem entende atores como Jeffrey Tambor, dispensado).

Este foi o primeiro de três projetos que estão sendo feitos pela produtora Nickelodeon Movie Films. Serão lançados neste ano. Os próximos serão 'Dora the Explorer' e 'Are you Afraid of the Dark?'.

O projeto já estava pronto desde agosto passado, mas mudou para agora porque não queria competir como filme da Disney, 'Christopher Robin'. O longa foi chamado de 'Wonderland', também, porque a Paramount coprodutora é também coproprietária do parque de diversão desse nome.

Um detalhe musical: no filme há um grande número de canções e momentos musicais com gente famosa. Entre eles, estão nomes como Rachel Platten, The Gin Blossoms, Juliana Hatfield, Flasher, Will Turpin, Hippo Campus, The Struts feat Kesha, The Vaccines, Mt. Joy, Slothrust, The Rizzos, Starcrawler e Steven Price, além de sucessos de Belly, Compulsion, Maroon 5, Sebadoh, Toad the Wet Sprocket, Trapt e a atriz Scarlett Johansson.

Uma fofoca curiosa: o filme começou a ser dirigido por Dylan Brown, mas ele foi retirado do projeto porque foi acusado de conduta sexual infeliz e perigosa. Por isso que o filme tem vários diretores, como David Feiss, Clare Kilner e Robert Iscove. Perdeu-se também o título original, Amusement Park.