EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

25 de Abril de 2019

Jovens artistas da Baixada Santista brilham na Capital

Rotina diária é intensa, entre aulas de canto e dança, mas todos garantem que vale o sacrifício

Horas de ensaio, entre aulas de canto, dança, escola e viagens de Santos para São Paulo. Essa é a rotina de crianças e adolescentes da Baixada Santista que nasceram com o dom artístico e foram atrás do sonho de atuar em grandes musicais da Capital.

A santista Duda Araújo, de 13 anos, é uma das artistas mirins que dedica sua vida aos palcos. “Moro em Santos e minha vida artística é em São Paulo. Isso exige de mim e da minha família um esforço grande. Em Santos,tenho meus amigos da escola e consigo sair com eles e estudar. Preciso manter minhas notas altas e presença nas aulas por exigência do juiz de infância, que autoriza participação nos espetáculos”.

A atriz já participou de musicais como 'A Megera Domada', onde contracenou com uma de suas melhores amigas, Maitê Montemurro, também de 13 anos.

Nascida em São Paulo, mas com família santista, Maitê sempre está pela região e mantém a rotina intensa, com várias aulas durante a semana. Ela e sua mãe, Ivana Montemurro, acreditam que o aprendizado e as frustrações fazem parte da vida de um artista.

“Acredito que a melhor forma de se destacar é por meio do estudo. Percebo que muitos produtores buscam artistas completos. Pode parecer falta de foco para alguns, mas eu encaro como aprendizado (para a filha)”, explica Ivana.

Uma das grandes dificuldades enfrentadas pelos jovens atores, além do esforço, é o casting que, muitas vezes, não escolhe pelo talento e, sim, pelo número de seguidores. “É uma questão que levanto e fica como uma crítica. Atores que têm milhares de seguidores acabam tendo preferência para alguns diretores, o que dificulta para quem está começando e estudando muito em busca de uma oportunidade”, desabafa Ivana.

Sacrifícios
Investir na carreira artística em uma idade tão jovem exige muito esforço não só da criança, mas de todos à sua volta. Algumas mães até abriram mão de sua vida profissional, como é o caso de Andreia Guedes, mãe do pequeno Anthony, de 10 anos, que tem um talento imenso para a dança. “Virei mãe motorista. Tenho que levá-lo ao balé, hip hop, sapateado, aula de atuação. É uma vida difícil”, conta Andreia, que mora em Praia Grande e toda semana vai para São Paulo com seu filho para acompanhar suas aulas.

A jovem Alana Assaf, filha da atriz Renata Lonaiz, teve de se mudar de Santos para a Capital junto com seus pais. “Me mudei justamente por conta da vida artística. Era difícil assumir ensaios que me faziam subir e descer a serra diariamente, com horários apertados entre a escola e os compromissos assumidos”.

A mudança de ares faz parte do cotidiano de Alana. A artista está em Portugal, fazendo um show musical, e depois vai para a Espanha e a Argentina, para se apresentar.

Os desafios são vários e a correria, grande, mas a paixão fala mais alto e o apoio da família é fundamental. “Desde que ela apresentou o interesse pelo mundo das artes, nós apoiamos. Conciliar idas semanais a São Paulo com nosso trabalho não é fácil, mas fazemos o possível para tentar realizar seu sonho”, compartilha Marinês Amaral, mãe da jovem Letícia Amaral, de 14 anos.

O despertar da paixão
A paixão de Letícia pelo teatro surgiu cedo. “Com 6 anos, comecei a fazer peças no colégio. Depois, passei a frequentar curso da escola de teatro Tescom e lá participei do Fescete (Festival de Teatro santista), sendo indicada por dois anos consecutivos como melhor atriz. Em 2016, queria algo mais. Então, fui para São Paulo, onde as oportunidades são maiores”.

Anthony Caio também demonstrou seu lado artístico desde cedo. Quando começou a frequentar a escola, ele escolheu fazer balé e era o único menino da turma.“As meninas caçoavam dele”, lembra Andreia, mãe do dançarino e ator.

Mas Anthony nunca se deixou abater pelas críticas.“Eu não ligo para o que os outros pensam. Enquanto eu danço e atuo, é como se eu tirasse todas as coisas más de mim”, declara o artista, que já ganhou bolsa em uma escola de dança em Nova York e agora participa da novela infantil 'As Aventuras de Poliana'.