EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

9 de Dezembro de 2019

Vanessa Faro: referência no esporte

Apresentadora do Corpo em Ação, na TV Tribuna, a jornalista Vanessa Faro foi a primeira mulher setorista do Santos FC na emissora e coleciona boas histórias

Duas Olimpíadas, Libertadores da América, Jogos Pan-americanos, Mundial de Surfe, Mundial de Judô na França, ultramaratona Spartathlon na Grécia. Essas são só algumas das coberturas no currículo da jornalista e apresentadora do Corpo em Ação, da TV Tribuna, Vanessa Faro.

Em 27 anos de carreira, ela coleciona histórias divertidas, de amizade e de superação no esporte, área em que se especializou, e se transformou em uma referência regional. Além de acompanhar de perto as modalidades profissionais e amadoras, Vanessa também pratica esportes. Há alguns anos, tem se dedicado à canoa havaiana. Na turma do remo, é conhecida como Patricinha Casca Grossa. 

“É porque sou vaidosa, feminina [risos]. Mas sou forte, aguento trancos e vou em frente. Sou uma pessoa normal, não uma atleta. As pessoas me acompanham nas redes sociais e pensam: se ela pode, eu posso. Vejo que isso inspira outros a praticarem esportes”.

Uma das coberturas mais marcantes foi a da Olimpíada de Pequim, na China. Lá, acompanhou a conquista da segunda medalha de bronze olímpica do judoca Leandro Guilheiro, que se recuperava de lesão. “Foi emocionante. No dia seguinte, gravamos com ele caminhando pela Cidade Proibida, com a medalha no peito. Os chineses paravam para tirar fotos. Foi demais”.

Vanessa conquistou o respeito e a amizade dos esportistas, o que também rendeu histórias divertidas.

No Pan do Rio, cobria a festa de abertura no Maracanã quando a judoca Danielle Zangrando a viu de longe. “Ela saiu correndo na minha direção, superempolgada. O que a Dani não sabia é que no meio do caminho tinha um fosso coberto por um tecido. A sorte é que havia água e ela não se machucou, mas ficou o resto da festa suja de lama. Mas eu falo que deu sorte. Ela conquistou a medalha de ouro”. O vídeo da cena foi parar até no Programa do Jô.

Na TV Tribuna desde 1996, Vanessa ganhou tarimba nos plantões da madrugada, cobrindo tudo o que aparecia. Mas o texto fluido e leve já mostrava sua vocação para o esporte. “Até que comecei a fazer futebol, da segundona. Fui a primeira setorista mulher do Santos FC na TV Tribuna. Foi desbravador”. E ela é pé quente, pois acompanhou de perto os títulos santistas nos campeonatos brasileiros de 2002 e 2004. 

“Fiz muitos amigos e tive coberturas marcantes como a ultramaratona Spartathlon, na Grécia, onde acompanhei Valmir Nunes. Foi impactante ver o respeito que todos têm por ele, que já ganhou essa prova dificílima, que cruza a Grécia, indo de Atenas até Esparta. Um dia ainda escrevo um livro sobre tudo isso”.

Tudo sobre: