Não é só o tempo que causa o envelhecimento; conheça outras razões

Fatores externos e problemas genéticos são as principais causas

Se você acha que envelhecimento facial está sempre relacionado às rugas, é melhor rever seus conceitos. Uma aparência mais envelhecida pode surgir antes mesmo das primeiras linhas de expressão, pois algumas alterações, também podem aparecer antes mesmo de você atingir a terceira década de vida. Veja os principais problemas: 

Manchas e melasma não controlados 

Segundo o dermatologista Abdo Salomão Jr, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, as manchas são alterações na cor da pele por um aumento da pigmentação, principalmente a melanina, que dá cor à pele, e sua produção é estimulada pelo sol. Como é uma característica que surge após danos cumulativos de exposição solar, essa alteração envelhece o rosto, principalmente quando não é tratada de forma efetiva.  

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

“O principal fator causal é a exposição solar ultravioleta do sol, mas também pode ser por lâmpadas e câmaras de bronzeamento. Ou pode ser por doenças genéticas que sensibilizam muito a pele a qualquer tipo de luz. Existem fatores hormonais e o uso de alguns medicamentos que também predispõem as manchas. A genética também tem um peso importante, já que por conta da expressão de alguns genes, algumas pessoas podem ser mais propensas a terem problemas de pele, e também poderão ser mais sensíveis às manchas de sol”.  

De acordo com o geneticista Marcelo Sady, a boa notícia é que o seu estilo de vida afeta a expressão dos seus genes, e as mudanças certas nos seus hábitos podem reduzir drasticamente problemas com sua pele. “O principal tratamento para manchas é o laser Vektra QS, capaz de tirar manchas em uma sessão por atuar nas células produtoras de melanina. A radiofrequência microagulhada Eletroderme também é boa para mancha de melasma, uma doença genética, que é aquela mancha que dá no rosto e costuma ter relação com uso de hormônios e gravidez”. 

Perda de gordura facial após dieta radical 

Situações de escassez em dietas muito restritivas podem ser desastrosas para sua aparência – e envelhecer muito seu rosto. “Quando pensamos em perda de peso, pensamos sempre na perda de volume e de gordura corporal, num corpo mais esguio, em mais energia e numa autoconfiança perdida que fora agora reconquistada. Até aqui, tudo bem, são efeitos naturais dos quilos perdidos. Mas um processo de perda de peso tem ainda implicações também no rosto, afinal perdemos gordura no corpo inteiro, e isso nem sempre agrada”, afirma o cirurgião plástico Mário Farinazzo, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Chefe do Setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).  

De acordo com a nutróloga  Marcella Garcez, professora e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), o ideal é que qualquer emagrecimento rápido ou que conte com perda ponderal de mais de 10% do peso corporal tenha acompanhamento médico. “Só assim é possível descartar patologias e carências que agravam os sinais físicos de um emagrecimento não orientado. Como em muitas ocasiões a perda de peso não é monitorada, as intervenções nutrológicas devem ser incorporadas assim que o aspecto de envelhecimento precoce ou acelerado pelo emagrecimento for notado. Além de adequar a alimentação, alguns suplementos orais podem ser indicados para combater essa flacidez e fornecer nutrientes para o corpo”. 

Olheiras insistentes 

A área dos olhos tem a pele mais fininha do nosso corpo. E a principal alteração que surge na região e envelhece a pele, antes mesmo da formação de rugas, é a olheira. “Existem três tipos de olheiras. Elas podem ser: estruturais, ou seja, a olheira profunda, devido à anatomia da pessoa, que pode ser devido à genética ou ao processo de envelhecimento; a vascular, que é a olheira arroxeada e ocorre pela presença dos vasos sanguíneos abaixo da pele; e a pigmentar, que tem coloração amarronzada e é causada pelo acúmulo de melanina nessa região”, afirma a dermatologista Paola Pomerantzeff.  

“Porém, o mais comum é a olheira mista, causada pela soma de mais de um fator”, explica. No caso da olheira estrutural, o tratamento é feito com preenchimento dessa depressão com ácido hialurônico, segundo a médica. “O tratamento da olheira vascular é feito com a Luz Intensa Pulsada, enquanto da pigmentar pode ser realizado com lasers, peelings e cremes clareadores. No caso da olheira mista, é necessário associar os tratamentos”, afirma a dermatologista.  

Inchaço matinal diário 

Quem costuma acordar todos os dias com o rosto inchado sabe o quanto isso dá uma aparência envelhecida - sem contar que sempre estamos com cara de cansados, mesmo quando dormimos bem. O que você precisa fazer, nesses casos, é ficar de olho em alguns pontos, pois o inchaço pode ter várias causas.  

“O principal motivo é porque o sistema linfático, responsável pela reabsorção de líquido, fica mais lento durante o sono, o que aumenta o problema durante a noite. Mas também há forte influência da alimentação, álcool, remédios, alterações hormonais, posição de dormir e até causas genéticas”, afirma a dermatologista Paola.  

É essencial ingerir, pelo menos, dois litros de água por dia, o que ajuda a desinchar o corpo todo; e principalmente controlar o consumo de sódio, que colabora para retenção de líquido. “Cuidado com o sódio escondido em refrigerantes, doces, alimentos diet, sucos de caixinha, biscoitos, enlatados e salgadinhos, porque eles também facilitam esse processo de inchaço”, afirma Marcella.  

Também é importante manter uma dieta equilibrada, aumentando o consumo de couve, brócolis e repolho, vegetais que melhoram a eliminação de toxinas. No caso do inchaço, limpar o rosto com um sabonete ideal para o seu tipo de pele e investir em produtos que contam com a Vitamina C são ações importantes.  

Veias aparentes 

O pior dos problemas, já que é difícil clamufá-lo com maquiagem, é o vasinho no rosto, que tem o nome técnico de telangiectasias. “A própria coloração das veias e também seu calibre (geralmente são finas) fazem com que dificilmente ocorra uma boa cobertura com maquiagem para esse problema que envelhece o rosto”, conta a cirurgiã vascular Aline Lamaita.  

“A luz pulsada é capaz de tratar a grande maioria dos vasinhos de face. Mas o Laser Nd Yag 1064 é o que existe de mais específico para tratamento de lesões vasculares apresentando maior efetividade no tratamento. São realizados disparos de laser que agem no sangue dentro do vaso, queimando o vaso por dentro, o que leva ao seu fechamento”, complementa Aline.

Tudo sobre: