Tribuna do leitor - 17 de outubro de 2020

Participaram desta edição o setor de imprensa da Cetesb, Roberta Costa, Orlando Machado, Evandro Duarte e Casto Fernandez

Resposta

Em atenção à carta enviada pelo leitor Sergio Fang sobre um odor desagradável nas proximidades do Posto 5, na praia do Boqueirão, a CETESB informa que não recebeu nenhuma reclamação sobre o fato e solicita ao reclamante que registre a denúncia junto à Agência Ambiental de Santos, com todos os detalhes da localização, para que seja feita uma inspeção no local. A reclamação pode ser formalizada pelo e-mail santos@cetesbnet.sp.gov.br ou pelos telefones (13) 3227-7767 e 0800-113560.

SETOR DE IMPRENSA/CETESB

Excelentes frutos

Tenho 41 anos e sou católica, casada, advogada e mãe de quatro crianças, sendo que duas são coroinhas. Senti-me compelida a escrever como forma de desagravo à Santa Igreja Católica Apostólica Roma de 2020 anos, em resposta à cética opinião do nobre colega advogado que, no dia 29/09/2020, escreveu o artigo "Dívida das Igrejas". A mácula trazida no bojo do texto, principalmente, para com a Igreja Católica, talvez seja fruto de alguma rusga pessoal. Em todos os meus anos de caminhada na fé e de bons católicos que passaram na minha vida, experienciei excelentes frutos, o que justifica minha dor pela Igreja, feita de povo santo e de pecador. Em nome de todo o clero e dos fiéis, venho desagravar todo e qualquer pecado cometido contra o Sagrado Coração de Jesus e de Maria. É notório que estamos vivendo tempos de batalha espiritual, sendo necessário que Nossa Senhora apareça ao redor do mundo, dando-nos a certeza de estarmos no caminho correto. Nesse sentido, aproveito para convidar os fiéis à conversão diária, conforme é solicitado em todas as suas aparições. E, apenas por amor ao debate, finalizo com a mensagem de Jesus "a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus". 

ROBERTA MACHADO PEREIRA COSTA - SANTOS

Prisão preventiva

O parágrafo único do artigo 316 do Código Penal, que trata de prisão preventiva e que obriga o órgão emissor a revisar a necessidade de sua manutenção a cada 90 dias, sob pena de tornar a prisão ilegal, foi gerado com a finalidade de "aliviar" políticos e seus apadrinhados. Mas, acabou servindo para abrir o portão principal da Penitenciária de Presidente Venceslau a conhecido traficante. O fato provocou revolta da população, desgastante e inoportuno bate-boca entre membros do STF e manifestação de diversos juristas. Tudo poderia ter sido evitado se o presidente tivesse aceitado sugestões do setor competente, que pedia veto ou mesmo modificação no texto que, diga-se de passagem, não fazia parte do projeto anticrime do ex-ministro Sérgio Moro. Procurar quem tem ou não razão, após o fato consumado, só serve para piorar a situação, até porque todos nós sabemos quem paga a conta. 

ORLANDO MACHADO - SANTOS

Prefeito licenciado

Gostaria de dar os parabéns ao prefeito licenciado de Praia Grande, Alberto Mourão, que, eticamente, se afastou da prefeitura para ajudar na campanha de sua candidata Raquel Chini. Ao contrário de outros que ainda usam a máquina do governo, em flagrante desrespeito à igualdade de oportunidades, ele faz a diferença e o progresso da cidade. E olha que não voto em Praia Grande. 

EVANDRO DE MENEZES DUARTE - SANTOS

Triste notícia

O Conselho Deliberativo do Jabaquara Atlético Clube cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento do seu conselheiro nato, grande benemérito, dr. Wilson de Oliveira. Jabaquarense fervoroso, ele deixa uma extensa folha de serviços prestados ao clube, ao atuar em diversos cargos na diretoria e no conselho deliberativo, tendo exercido a presidência executiva nos anos de 1987 e 1988. Quando estava na chefia do Departamento Jurídico do clube, se notabilizou no meio da advocacia trabalhista pela veemência com que defendia o rubro-amarelo nas causas trabalhistas, a ponto de ficar conhecido como o "dr. Jabuca". Foram mais de 60 anos de dedicação e amor pelo Jabaquara Atlético Clube. Consternados, os conselheiros do Jabuca manifestam pesar e condolências à família.

CASTO VIEITEZ FERNANDEZ- SANTOS

 

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.