Tribuna do Leitor - 16 de agosto de 2020

Na edição deste domingo (16), participações de Antonio Tadeu Torres, João Horário Caramez, Karina Miqueleto Vidal, Josemilton De S. e Silva, Patrick Georges e Boanerges Silva Filho

Congestionamento

Moro no canal 5 e utilizo a avenida da praia sentido São Vicente todas as manhãs, para ir para o trabalho. Há tempos que uma obra da Sabesp na confluência com a Av. Conselheiro Nébias estreitou a pista no local, ocasionando longos congestionamentos, muitas vezes chegando até o canal 5. A situação se agrava porque o tempo de abertura do semáforo existente no local não é suficiente para a vazão dos veículos, o que torna estritamente necessária a presença de um agente de trânsito no local, para o controle manual da abertura e fechamento do semáforo, para um melhor escoamento do trânsito. No entanto, ao menos no horário de pico matinal, por volta das oito horas, nunca presenciei um agente no local, mesmo a CET tendo conhecimento dos fatos. Porém, de outro lado, tenho certeza de que se estacionar meu carro em qualquer dos canais em horário não permitido, em menos de 3 minutos, surgirá um agente da CET com talão em punho e um guincho, pois, afinal de contas, as metas de arrecadação falam mais alto.
Antonio Tadeu Torres - Santos

Piratas e corsários

Em primeiro lugar, gostaria de parabenizar a sra. Helena Gomes pela autoria do livro "Uma aventura corsária". Suas considerações sobre a obra foram publicadas neste jornal, na página Galeria. Em segundo lugar, quero lembrar, só por curiosidade, que os piratas atacavam por conta própria. Já os corsários atuavam em nome de um rei, atacando navios de países inimigos, usando a bandeira de seu país e dividindo o saque com o monarca, que ficava com a maior parte. Thomas Cavendish foi o mais famoso entre os corsários.
João Horário Caramez - Santos

Espaço Pet

Necessário registrar o agradecimento à Prefeitura de Santos por atender aos inúmeros apelos dos tutores de pets, que demandavam um espaço adequado no novo Emissário. Ainda que o pedido tenha sido atendido após grande pressão, o importante é que o foi demonstrando que a união faz a força e que a população mobilizada pode, sim, fazer a diferença na governança de suas cidades. Resta agora acompanhar a evolução da obra.
Karina Miqueleto Vidal - Santos

Excelente atendimento

Depois de 90 dias de atendimento à população, o hospital de campanha da Base Aérea de Santos encerra suas atividades com um saldo bastante positivo. Entre os pacientes atendidos nesse espaço, estava um conhecido que contraiu a Covid-19 e, logo nos primeiros sintomas, foi iniciado o tratamento. Ficou internado lá por uma semana e meia. Disse-me ele que o atendimento era de primeira qualidade. Agora vamos torcer para que esse vírus, um turista indesejado e muito mal recebido, se afaste em definitivo de nossas vidas.
Josemilton De S. e Silva - Guarujá

Contradição

Gostaria de responder ao sr. Gualter Cardoso, que diz para ficarmos em casa e, na sequência, fala que veremos a falência de pequenas e médias empresas. Mas se as empresas estão quebrando é justamente por não ter público para comprar, ou seja, não é preciso ter nenhuma expertise para saber disso. Ao invés de discursos populistas, devemos procurar o equilíbrio e o melhor caminho para manter a economia ativa e as pessoas em segurança.
Patrick Georges  - Santos

Caminhada

A vida é uma caminhada longa. Cada um tem seu caminho a seguir. A liberdade é algo que nos faz feliz, mas muitos não sabem lidar com ela. Que seja eterno e infinito o que nos deixa feliz o coração. A vida seria monótona se fosse fácil demais. A graça está em saber que podemos superar obstáculos. Acontecerão coisas para deixar nossa caminhada difícil, mas, sem nos abalar, precisamos levantar a cabeça e continuar em frente. Tem gente que não gosta de companhia; outros, de estar cercado por pessoas. É preciso entender que pessoas são importantes porque unidos podemos ir mais longe. Necessário um tempo para fazer o que gostamos. Se nos prendermos ao vício das redes sociais, acabamos esquecendo que a vida acontece lá fora. Precisamos caminhar felizes, agradecendo a Deus a chance de percorrer esse caminho de sabedoria.
Boanerges Silva Filho - Santos

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.