EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

24 de Agosto de 2019

Rosana Valle

É deputada federal (PSB/SP), jornalista e escritora. Foi repórter da TV Tribuna por 25 anos e por 18 apresentadora e editora do programa Rota do Sol. Já fez reportagens em mais de 30 países e é autora de dois livros sobre o turismo regional e internacional. Rosana iniciou seu mandato em 2019 e é membro titular das Comissões de Viação e Transportes e Direito das Mulheres

O Vale do Ribeira não pode ser esquecido

Região de riquezas naturais, agrícolas, culturais e turísticas

Região desconhecida da maioria dos brasileiros, com riquezas naturais, agrícolas, culturais e turísticas.

Terra de comunidades quilombolas, caiçaras e indígenas.

Cenário de gigantescas cavernas e florestas de natureza intocada.

Este é Vale do Ribeira, região que abrange 31 municípios de dois estados, São Paulo e Paraná, 22 e 9, respectivamente. 

Algumas dessas cidades estão entre as mais antigas do Brasil, e ainda preservam parte da Mata Atlântica remanescente.

A região é considerada Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, o braço das Nações Unidas para educação, ciência e cultura.

Tenho uma história com o Vale do Ribeira.

Iniciei minha carreira de repórter cobrindo as enchentes do Rio Ribeira de Iguape, nos anos 90.

Depois, tive a oportunidade de divulgar as belezas naturais e as tradições de seu povo durante os 18 anos que comandei um programa voltado para a natureza e a cultura caiçara.

Conheço cada cidade, cada comunidade, cada pedaço de chão.

Tenho orgulho de ter contribuído com o meu trabalho para que o Vale do Ribeira tivesse uma projeção maior.

Contei histórias, fiz amigos, mas ainda me entristeço quando vejo que o Vale é visto como o lugar mais pobre do estado mais rico do Brasil.

Agora, como deputada federal, posso contribuir novamente com a região.

Tenho me reunido e incentivado o trabalho dos agricultores familiares, estou fiscalizando as barragens de resíduos de Cajati, e me envolvido em várias questões e problemas das comunidades locais.

Na última sexta-feira, participei da reunião do Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira e Litoral Sul (CODIVAR).

Conversei com os prefeitos e me coloquei à disposição para buscar recursos federais para projetos.

Os prefeitos, que estão mais próximos do dia a dia da população, sabem as necessidades de seus municípios.

No próximo fim de semana, como faço há quase 20 anos, estarei no Vale do Ribeira para participar das comemorações da Festa do Senhor Bom Jesus de Iguape, que acontece até o dia 6 de agosto.

É uma das mais importantes manifestações religiosas do país e atrai mais de 150 mil pessoas, gente de várias partes do Brasil.

Mais uma vez, vou renovar a minha ligação com o Vale do Ribeira. Acredito em seu potencial e espero que um dia se torne uma das melhores regiões do Brasil para se viver!

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.