EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

19 de Outubro de 2019

Eu Estudo Certo

Martha Vergine é delegada de polícia, professora universitária e teacher coach do EU ESTUDO CERTO. Especialista em técnicas de estudo e estratégias emocionais para ajudar pessoas que querem passar mais rápido em provas - como concursos públicos, exame da OAB, vestibulares e ENEM.

Como melhorar o início da vida de um Concurseiro?

Para quem decidiu mudar a vida pelo estudo.

Como dito em minha outra coluna, a vida de concurseiro não é fácil, e ano após anos ela se torna mais difícil – mais concorrência, provas mais exigentes, necessidade de alocar candidatos em lugares cada vez mais afastados, e por aí vai.

Como manter a motivação em meio a tanta dificuldade?

Sabe aquela frase que parece esclarecedora, mas nada diz, “inspire-se”? – Tá. Mas COMO eu me inspiro?

É simples...

Lembre-se de por que você está fazendo tudo isso.

Parece óbvio, mas não é.

Deveria ser lógico você lembrar do motivo para fazer algo enquanto estivesse fazendo esse algo, não?

Um homem provavelmente não brigaria com meia-dúzia de cães para salvar uma nota de R$ 2,00, mas com certeza o faria para salvar seu próprio filho.

A ideia é a mesma aqui; você não sacrificaria finais de semana ou aguentaria rotinas maçantes se não fosse pelo objetivo que busca. Então lembre-se que o pai apenas enfrentou os cães porque não tirou o filho da cabeça por um minuto sequer.

 

Não esqueça: sua grandiosidade comumente está relacionada ao seu maior objetivo (que não necessariamente tem relação com uma profissão). Sendo assim, ao mesmo tempo que ele molda quem você se tornará, é ele quem, de fato, será capaz de inspirar você.

É somente ele que é capaz de te dar forças para investir os finais de semana ao estudo. É somente ele quem será capaz de te trazer a serenidade em uma sala de prova onde os demais colegas querem sumir com o sujeito que trouxe um piquenique rodeado de pacotes barulhentos e salgadinho cheirando a queijo forte.

Só há um jeito de você vencer na vida de concurseiro: mantendo o foco, mas isso é impossível se você não souber responder à pergunta: manter o foco em quê?

A resposta você já sabe: no seu objetivo.

É assim que você melhora o início dessa jornada que costuma ser longa. Além disso, busque histórias de quem chegou lá, use-os de exemplo, aprenda com eles; quem chegou lá sabe tudo o que é preciso para conquistar a vaga.

O exemplo de pessoas que conseguiram o ajudarão a perceber o que passaram, as rotinas de estudo, os meios mais eficazes de realizá-las e o quanto de esforço foi necessário. Só então você perceberá o tamanho da força de vontade delas.

Como elas mantinham essa vontade? Elas tinham um objetivo bem definido.

Mantenha o foco (para não usar o clichê da inspiração), aprenda com os mais experientes – conheça a rotina, os métodos de estudo, TUDO. Aplique o que aprender à sua realidade.

Aqui vai um exemplo:

Candidato a juiz de direito: estuda de manhã; faz academia ao meio-dia e depois almoça; volta a estudar. O único momento que ele saía de casa era na hora da academia. Vivia com o mínimo, um salário-mínimo, com uma grana que poupara e, vez em quando, a ajuda de familiares. Hoje vive a carreira dos seus sonhos, juiz na justiça estadual.

“Ah! Mas eu tenho que trabalhar. ”

Há muitas pessoas que adaptaram os estudos a essa rotina também. Vocês devem fazer o mesmo; se não houver planejamento desde o início e vocês apenas estudarem quando “der na telha”, o sucesso dificilmente chegará.

Existem muitas outras coisas a se falar para facilitar essa caminhada de vocês, mas hoje fiquem com essas duas:

  • Mantenham sempre em mente o que vocês querem (cargo, setor etc.) e usem isso de combustível para enfrentar as inúmeras adversidades que surgirão.
  • Aprendam com quem já esteve lá; são a prova de que é possível e suas vidas servem de “manual de instruções” para que você “leia” e tome para si tudo que pode ser útil à sua realidade.

Te convido a continuar o papo nas minhas redes sociais. Muitas

outras dicas de estudo e estratégias emocionais eu divido lá.

 

INSTAGRAM @euestudocerto

FACEBOOK @euestudocerto

YOUTUBE /blogeuestudo

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.