EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

17 de Outubro de 2019

Eu Estudo Certo

Martha Vergine é delegada de polícia, professora universitária e teacher coach do EU ESTUDO CERTO. Especialista em técnicas de estudo e estratégias emocionais para ajudar pessoas que querem passar mais rápido em provas - como concursos públicos, exame da OAB, vestibulares e ENEM.

Aprendemos não só com livros, a vida também ensina

Na véspera do Natal passado uma linda menininha mudou minha vida. Divido com você a lição que ela me ensinou.

Ao receber das minhas mãos seu presentinho e me ouvir falar, tomara que você goste, ela exclamou:

"Claro que eu vou gostar, foi você que me deu!"

Uau!

Com todo amor ela estava "presente" para receber seu "presente". Ao me ver, ela sabia que o pacote que eu carregava nas mãos era para ela, mas mesmo assim, preferiu me dar um abraço demorado antes de abrir seu embrulho.

Como eu reagi?

Embasbacada. Pois, como todo adulto, achei que o mais importante para esta criança seria o brinquedo que eu portava. E (pré-)ocupei minha mente com dúvidas sobre se teria feito uma escolha adequada.

Preocupação, como a maioria que temos, na prática nem chegou perto de acontecer. Ela amou presente.

Por que será que quando crescemos mudamos tanto? Por que paramos de valorizar os presentes que ganhamos?

Chegamos ao ponto de ganhar, abrir e não gostar. Temos até a coragem se nos sentir frustados. Tudo isso porque criamos expectativas equivocadas, é claro.

Meu Deus do céu! Alguém pensou em nós, investiu tempo, dinheiro, nos dedicou o presente e ousamos não gostar!

COMO ASSIM???

Você pode pensar que com você isso não acontece. Será mesmo? Vejo isso se repetir d.i.a.r.i.a.m.e.n.t.e com muuuitas pessoas.

Afinal, o que é um novo dia?

Um NOVO presente que recebemos a cada 24horas. Ganhamos - sem esforço - 86400 segundos novinhos a cada manhã. E alguns ainda tem a audácia de não gostar.

Se acham no direito de reclamar da hora, do tempo, das pessoas, do lugar... dos eventos. É como se reclamassemos do embrulho, do pacote, e até mesmo do conteúdo, muitas vezes.

Como me ensinou essa menininha, se ganhamos devemos gostar logo de cara! Não importa o que seja, importa de quem veio.

É a vida te presenteando mais uma vez!

Quantos não ganharam esse presente hoje?

Quantos estão rezando para sair de um leito de hospital para usufruir só um pouquinho da vida aqui fora?

Quantos não ficariam felizes em ter a vida que temos, a família que temos, o trabalho, a saúde, as experiências que temos a sorte de ter?

Não precisamos de coisas novas todos os dias, só de ter a chance de usar as nossas coisas, usadas mesmo, já é bom demais.

Obrigada Hanna Maria!

Você com certeza é tão mágica como a fada e o unicórnio que tinham na sua caixa de presente.

Com o seu carinho e simplicidade você mudou o meu dia, você mudou a minha vida! Talvez você só entenda esse texto daqui um tempo, mas não podia deixar de dividir essa lição que aprendi com você com o mundo.

E escolhi o dia de hoje, porque é seu aniversário! Essa é a minha forma de desejar que você seja muito feliz sempre.

Gratidão.

E para você que está lendo esse texto, a cada nova manhã eu te desejo: FELIZ DIA NOVO!!!

 

INSTAGRAM @euestudocerto

FACEBOOK @euestudocerto

YOUTUBE /blogeuestudo

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.