EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

7 de Julho de 2020

Alexandre Catena Volpe

Acadêmico do quinto ano do curso de Medicina da Universidade Metropolitana de Santos. Foi Diretor do Comitê de Saúde Pública da International Federation of Medical Students Brazil - Comitê Unimes e, atualmente, é Presidente do Centro Acadêmico Dr. José Martins Fontes (C.A.M.F.) e da Liga Acadêmica de Medicina Legal. Fundador do programa Giovana Pascoal de Combate ao Câncer em parceria com a Giovana Pascoal e Coordenador da Comissão de Saúde Pública e Ação Social do NJE da Ciesp Santos.

Estudantes de Medicina realizam campanha em prol do combate ao novo coronavírus

Mais de 1.600 máscaras foram doadas para os profissionais de saúde da Baixada Santista

Estudantes de Medicina da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) lançaram uma campanha de arrecadação de insumos e equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde na linha de frente do combate ao novo coronavírus – Covid-19.

A iniciativa é da diretoria executiva do Centro Acadêmico Dr. José Martins Fontes (C.A.M.F.) e beneficiou centenas de profissionais de saúde e munícipes das cidades de Santos, São Vicente e Praia Grande. Ao todo, 1.600 máscaras N95 PFF2 3M, 5.000 frascos de álcool em gel, 1.000 luvas, 1.000 viseiras de acetato e 2 toneladas de alimentos já foram entregues.

“Diante desta crise, nós estudantes de Medicina precisamos colaborar e principalmente nos preocupar com os colegas que estão na linha de frente do combate à pandemia e as pessoas que mais precisam de ajuda. Estamos gratos pelo apoio de todos que doaram estes insumos para a nossa campanha”, destaca Alexandre Catena Volpe, estudante do 5° ano de Medicina e presidente do C.A.M.F.

Os municípios da Baixada Santista registraram, até a última quarta-feira (15), 444 casos e 34 mortes. No total, são 1.693 casos suspeitos, mais de 200 pacientes internados em hospitais e outras 68 mortes sob investigação.

Para o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, estas iniciativas são de extrema importância. “É uma luta de todos, um fato histórico infelizmente negativo no mundo, e todas as formas de solidariedade são importantes, porque além de ajudarem a salvar vidas, mostram que somos seres humanos”.

Os interessados em apoiar a campanha devem entrar em contato pelo Instagram do C.A.M.F. (@camf_unimes).

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.