EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

18 de Julho de 2019

Alexandre Lopes

É Editor-Chefe de Web no Grupo Tribuna e responsável pelo G1 no litoral de São Paulo. No grupo desde 2008, já participou de coberturas em mais de 15 países. Atualmente, além de coordenar os portais, também apresenta o G1 em 1 Minuto e é comentarista da TRI FM.

Projeto Milhas do Povo: Golaço de Rosana Valle

Objetivo é super simples: devolver para a população as milhas que os políticos acumulam em voos pagos com o dinheiro público

Conheci, há pouco tempo, o projeto 'Milhas do Povo' e achei simplesmente espetacular. O objetivo é super simples: devolver para a população as milhas que os políticos acumulam em voos pagos com o dinheiro público.

Em 2018, senadores e deputados federais gastaram R$ 53 milhões em passagens aéreas para viagens oficiais, o que resultou em quase 28 milhões de milhas acumuladas, o que garantiria, na teoria, milhares de outras passagens gratuitas.

Pelo projeto, essas milhas não seriam utilizadas pelos próprios políticos para viagens de lazer. Pessoas que precisam viajar para cuidar de problemas de saúde, atletas com convites para competir fora do Brasil e que não tem patrocínio, jovens selecionados por instituições de ensino no exterior, entre outros casos, são beneficiadas pelo projeto.

Fiquei bastante contente ao saber, hoje cedo, que a deputada federal Rosana Valle (PSB/SP), que representa a Baixada Santista no Congresso Nacional, foi a 1ª, entre os 594 deputados federais e senadores do Brasil, a aderir, pela Internet, ao projeto 'Milhas do Povo'.

Em entrevista à coluna, a deputada, que é bastante ativa nas redes sociais, afirmou que conheceu o projeto pela internet e que achou genial a ideia de devolver para a população as milhas que os políticos acumulam.

"Me cadastrei e fiquei surpresa ao saber que havia sido a primeira a aderir. Já coloquei as minhas milhas à disposição do pessoal. Como estou somente há dois meses no Congresso, ainda são poucas. Quando o serviço encontrar alguém que precise, irão me avisar e disponibilizarei", disse.

Um golaço da deputada/jornalista.

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.