Alexandre Lopes

É Editor-Chefe de Web no Grupo Tribuna e responsável pelo G1 no litoral de São Paulo. No grupo desde 2008, já participou de coberturas em mais de 15 países. Atualmente, além de coordenar os portais, também apresenta o G1 em 1 Minuto.

Acesse todos os textos anteriores deste colunista

Pesquisa aponta que 84,27% dos internautas de A Tribuna pretendem se vacinar contra a Covid-19

Apesar do resultado expressivo, 15,73% afirmaram, por meio de enquete sem valor científico, que não vão receber a dose.

O Portal A Tribuna publicou, na última segunda-feira (20), uma enquete questionando os internautas sobre a vacinação contra a Covid-19. Durante 24 horas, moradores da Baixada Santista e de outras regiões do Brasil puderam responder a pergunta: 'Você pretende tomar a vacina contra a Covid-19?'

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

A enquete, obviamente, não possui nenhum valor científico. Ela, porém, serve como termômetro para identificar a vontade das pessoas em se imunizarem com a Coronavac, vacina aprovada pela Anvisa e que já chegou nas cidades da Baixada Santista. Santos, por exemplo, recebeu pouco mais de 9.500 doses na última terça-feira (19).

No total, 3.065 pessoas participaram da pesquisa. Dessas, 84,27% afirmaram que pretendem se vacinar. Por outro lado, 15,73% dos internautas disseram que, mesmo com a aprovação, não irão tomar o imunizante. Nas redes sociais, milhares de internautas deixaram comentários a favor e contra a imunização.

Em Santos, por exemplo, as primeiras 9.560 doses serão destinadas aos profissionais da saúde. A vacinação, inclusive, foi programada para começar na manhã desta quarta-feira (20) no Hospital dos Estivadores. O caminhão com as doses produzidas pela Sinovac, em parceria com o Butantan, chegaram na cidade por volta das 20h45.

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.