Medidas da Operação Radar prometem melhorar escoamento nos Portos do Arco Norte

Nos planos do Governo Federal, constam instalação de bases operacionais, implementação de sinalização específica e envio de veículos

Por: De Atribuna On-line  -  31/01/19  -  23:32
Porto de Santarém (PA), um dos pertencentes ao Arco Norte
Porto de Santarém (PA), um dos pertencentes ao Arco Norte   Foto: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/ Divulgação

O Governo Federal anunciou, na quarta-feira (30), novos planos para a Operação Radar. As medidas incluem uma série de estratégias com a pretensão de garantir um escoamento mais ágil e seguro das commodities entre a região Centro Oeste e os portos do Arco Norte pela BR-163.


Segundo o governo, a operação envolverá a instalação de bases operacionais em três pontos críticos da rodovia, entre os municípios de Novo Progresso e Moraes Almeida (PA), a implementação de sinalização específica para controle de tráfego pesado e envio de mais de 40 veículos como picapes, retroescavadeiras, caminhões, escavadeiras e cavalos mecânicos com reboque.


Conforme o ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, a operação foi organizada para evitar formação de filas e permitir que o escoamento chegue sem interferências aos portos do Arco Norte.


Atualmente, cerca de 51 quilômetros da extensão da BR-163 não estão asfaltados, além de alguns trechos do trajeto desde o Centro-Oeste até o Pará. O Exército Brasileiro está responsável por fazer a pavimentação de 48 quilômetros em Moraes de Almeida, enquanto a Construtora Agrienge se encarrega dos 3 quilômetros na Vila do Caracol. De acordo com o mnistro, uma das principais metas é concluir a pavimentação do trecho entre a divisa do Estado do Mato Grosso até Santarém, cidade portuária do Pará, com valor estimado em R$ 2,55 bilhões.


Crescimento


O Arco Norte abrange os portos de Tacoatiara, no Amazonas, Itaqui, no Maranhão, Santarém e Barcarena, no Pará, e Salvador, na Bahia. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a capacidade portuária de embarque desses portos alcançou 40 milhões de toneladas em 2017. Em 2018, o crescimento do escoamento da safra agrícola brasileira pelos portos do Arco Norte atingiu 82%, segundo dados do Anuário Estatístico 2018 realizado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. Em 2016, o número foi de 33 %, e em 2017, 41%, comprovando o aumento constante dos complexos portuários da região.


A Operação Radar teve ínicio em 2 de de dezembro do ano passado e tem previsão para acabar em março.


Logo A Tribuna