CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Exportações de soja levam Porto de Santos a bater novo recorde
Houve crescimento de 28,3%, ajudando o complexo marítimo a operar mais de 15 milhões de toneladas em març
Por: Fernanda Balbino  -  04/05/21  -  13:17
Atualizado em 04/05/21 - 13:18
Os embarques do grão no mês cresceram 28,3%, chegando a 5,4 milhões de toneladas   Foto: Carlos Nogueira/AT

As exportações de soja levaram o Porto de Santos a bater um novo recorde histórico em março, quando passaram por seus terminais 15,16 milhões de toneladas. Este foi o melhor resultado mensal de sua história – e 18,5% a mais do que o registrado em março de 2020. Os embarques do grão no mês cresceram 28,3%, chegando a 5,4 milhões de toneladas.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Os dados integram o balanço operacional de março do complexo marítimo, elaborado pela Autoridade Portuária de Santos (APS). De acordo com a estatal, o recorde de março superou em 10,4% a marca histórica anterior, obtida em agosto de 2020 (13,7 milhões de toneladas).


O atraso na chegada da soja em grãos ao cais santista, em meses anteriores, pode ser o motivo do expressivo crescimento dos embarques da commodity. Conforme publicado em A Tribuna, neste ano, houve uma demora na colheita da soja nas regiões produtoras do Centro-Oeste. Como consequência, a carga, que normalmente chega ao cais santista logo no início do ano, demorou um pouco mais.


Os embarques ficaram represados e os navios, à espera das mercadorias. O problema foi resolvido no mês passado e o escoamento já voltou ao normal, mas garantindo um novo recorde ao Porto.


A importância das cargas agrícolas é destacada por especialistas, “O agronegócio tem sido a maior estrela do comércio exterior brasileiro. Celulose também está forte. Isso tudo é muito bom, porém, precisamos muito da recuperação da indústria, o que significa contêineres”, afirmou o economista e professor universitário, Hélio Hallite.


Sobre as operações gerais do Porto em março, conforme o levantamento da APS, os embarques somaram 11,6 milhões de toneladas, 18,9% acima de março de 2020 e com uma participação de 76,7% nas operações do mês. Já os desembarques totalizaran 3,5 milhões de toneladas, 17,4% a mais do que as realizadas no mesmo período do ano passado, com uma participação de 23,2%.


De acordo com o levantamento, um total de 35,3 milhões de toneladas de cargas foram movimentadas no primeiro trimestre no complexo santista, uma alta de 11,1% sobre o verificado no mesmo período do ano passado.