Capitania dos Portos apreende 21 barcos

Números fazem parte do primeiro balanço da Operação Verão da autoridade marítima

Por: Da Redação  -  22/01/19  -  20:30

Em menos de um mês, oficiais da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) abordaram 1.389 embarcações, notificaram 212 proprietários por irregularidades e apreenderam 21 barcos. Os números fazem parte do primeiro balanço da Operação Verão da autoridade marítima, cobrindo o período de 22 de dezembro a 17 de janeiro.


A fiscalização será intensificada até 15 de fevereiro. Até lá, as abordagens ocorrerão prioritariamente nas proximidades de áreas com concentração de banhistas e surfistas, e ainda nos locais onde são guardadas as embarcações – garagens náuticas, marinas e colônias de pesca.


“Esse resultado positivo, embora parcial, das atividades de fiscalização do tráfego aquaviário refletem a preocupação da Marinha do Brasil em promover ações preventivas que protejam condutores e usuários de embarcações de esporte e recreio, bem como banhistas das praias, lagos, rios e represas navegáveis”, destacou a autoridade marítima, em nota.


Cerca de 200 militares e 13 embarcações são utilizadas pela Marinha para garantir a segurança das praias da região. Nas abordagens, os oficiais da CPSP verificam o estado de conservação de iates, lanchas e outros veículos náuticos e suas lotações.


O consumo de bebidas alcoólicas pelos condutores (que é proibido) também recebe atenção. Para isso, etilômetros (bafômetros) são usados nas abordagens.


Neste ano, com recursos liberados pelo Ministério Público Federal e pela Justiça Federal, utilizados na recuperação de barcos, foi ampliada a quantidade de embarcações usadas pela autoridade marítima nesta Operação Verão.


Logo A Tribuna