Doria reafirma privatização do Porto de Santos como prioridade

Governador apoia que medida ocorra nos próximos dois anos

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), declarou que dará prioridade à privatização do Porto de Santos, durante sua participação em evento realizado nesta terça-feira (29) pelo banco Credit Suisse, na Capital. Em sua fala, Doria apoiou a decisão do Governo Federal para a privatização ocorrer nos próximos dois anos.

O chefe do Executivo estadual também destacou que vai privatizar a Hidrovia Tietê-Paraná, estradas e aeroportos paulistas, e afirmou que renovará o contrato com todas as empresas que já têm direito sobre as rodovias.

Tudo sobre: