EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

19 de Outubro de 2019

Cruzeiros marítimos vão trazer à região 627 mil pessoas em 83 dias de operação no Porto

Os números podem consolidar o terceiro período consecutivo de crescimento do setor, em recuperação da forte queda entre 2012 e 2017

A atracação do transatlântico Zaandam, da operadora Holland America, em 17 de novembro, abrirá a nova temporada de cruzeiros no Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini (Concais), no Porto de Santos. Nos 83 dias de operação, passarão pela instalação turística portuária mais de 627 mil pessoas (somados embarques, desembarques e em trânsito) – o que representa aumento de 3,8% em relação à temporada anterior.

Os números podem consolidar o terceiro período consecutivo de crescimento do setor, em recuperação da forte queda entre 2012 e 2017. Assim preveem a direção do Concais e a Cruise Lines International Association (Associação Internacional de Cruzeiros, em livre tradução), entidade que reúne as principais armadoras do setor. 

Na costa brasileira, a expectativa é de expansão em até 6% no número de passageiros durante a nova temporada. O Porto de Santos é um dos mais importante para o embarque de turistas. Nos próximos meses, 14 navios terão escalas regulares por aqui, sendo oito de trânsito e seis de cabotagem (com embarque, navegação e desembarque exclusivos entre portos nacionais). 

O secretário municipal de Turismo, Odair Gonzalez, diz que, durante a temporada de cruzeiros, “a Cidade se transforma em uma vitrine, mostrando atrações e sua infraestrutura a um público que, em outra situação, talvez nem cogitasse vir a Santos”. 

De acordo com as projeções do terminal santista, devem iniciar roteiro pelas instalações regionais mais de 288 mil passageiros. Trata-se de uma ampliação de 1,3 % em relação à temporada anterior (285 mil). Para receber o contingente, o titular da pasta afirma promover qualificações nos segmentos turísticos. 

“Ano a ano, vemos mais turistas estrangeiros circulando pelo Município, passeando de bonde e conhecendo nossos museus, sobretudo Pelé e do Café, o Monte Serrat, praias e jardins. Nossa expectativa é que esses visitantes apreciem nossa terra, retornem em uma próxima oportunidade e divulguem as atrações a parentes e amigos”. 

Novidades

A ligeira melhora é esperada com as novidades do setor. Para esse ano, o transatlântico MSC Sinfonia volta a atracar na costa santista. Com capacidade para até 2.679 pessoas, ele fará roteiros de Santos a Montevidéu (Uruguai) e Buenos Aires (Argentina). Ele aportará no cais santista em 13 de dezembro. 

Nessa data, as instalações regionais receberão o maior número de navios em um dia: cinco transatlânticos. Segundo a diretora de operação do Concais, Sueli Martinez, a temporada terá ainda 57 dias com atracação de um navio, outros 23 com operações de duas embarcações simultâneas e duas datas com três transatlânticos. 

A estação também marca o retorno do MSC Seaview, que passou pela costa brasileira em 2018. Ele é o maior cruzeiro que já esteve no País, coma capacidade para 5.300 hóspedes. A embarcação tem roteiros a partir dos portos de Santos e Salvador.

Sueli avalia, contudo, que o fluxo da temporada deve ser idêntico à anterior. “Buscamos oferecer mais comodidade, conforto e segurança aos nossos passageiros. Para isso, podem acontecer mudanças na logística”. Ela destaca investimentos pontuais de segurança, como aquisição de novos aparelhos de verificação de bagagem e de monitoramento.

Tudo sobre: