Capitania dos Portos inicia Operação Verão na Baixada Santista

De acordo com o capitão dos portos, 190 homens estarão empenhados nas fiscalizações, principalmente de embarcações de recreio

A Marinha do Brasil deu início, nesta segunda-feira (14), à Operação Verão 2020/2021. Na Baixada Santista, as ações serão coordenadas pela Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), que vai intensificar suas ações no mar para garantir a segurança de banhistas e reduzir os riscos de acidentes de navegação. Os trabalhos especiais seguirão até 16 de março.

Clique e Assine A Tribuna por R$ 1,90 e ganhe acesso ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em lojas, restaurantes e serviços!

De acordo com o capitão dos portos, o capitão de mar e guerra Marcelo de Oliveira Sá, 190 homens estarão empenhados nas fiscalizações, principalmente de embarcações de recreio.

Apesar da pandemia de covid-19, o comandante prevê um verão bastante movimentado. “No ano de 2019, nós fizemos 3.126 abordagens. Esse ano já computamos 3.530. Isso demonstra que, mesmo em período de pandemia, ainda assim, fizemos mais ações”.

Oliveira Sá destaca que a Capitania tem contado com a parceria dos municípios durante as ações para coibir aglomerações em embarcações. E aponta que não cabe à Capitania interferir sobre o número de passageiros, desde seja respeitada a capacidade da embarcação.

Oliveira Sá explica que, na abordagem às embarcações, os oficiais estarão atentos à documentação, consumo de álcool, velocidade de condução, manutenção preventiva, capacidade de pessoas a bordo e distância da praia. 

O capitão alertou que todos podem contribuir para a segurança no mar atravé de denúncias. Os telefones são: (13) 3221-3456 e (13) 3221-3459. Há ainda a opção do 185 (emergências náuticas).

Tudo sobre: