EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

26 de Junho de 2019

Mulher acusa policial militar de agressão em Bertioga

Ela registrou BO no 1º DP da Cidade e uma reclamação por escrito no Batalhão da PM

Uma ajudante de cozinha de 20 anos acusa um policial militar de agressão durante uma abordagem policial em Bertioga, na quarta-feira (13). Ela tentava ajudar o marido, que estava sendo abordado e acusado de tráfico de drogas. Thaislaine de Jesus dos Santos, com seu pai e um advogado, registraram BO no 1º DP da Cidade e uma reclamação por escrito no Batalhão da PM.

O marido de Thaislaine, que se chama Douglas, de 28 anos, teria saído de casa para comprar pão em uma padaria próxima da casa deles, no bairro Chácara Vista Linda.

A jovem estava em casa e começou a desconfiar da demora do marido. Então, ela saiu e foi até a rua. Na padaria, foi informada que policiais haviam abordado seu marido e o levado até uma viela que fica nas proximidades.

Quando chegou lá, a ajudante de cozinha teria encontrado o marido sentado no chão e questionou os policiais, que teriam xingado a moça, iniciando uma discussão.

Na briga, um dos agentes a pegou pelo braço e lhe deu uma rasteira, derrubando-a no chão. Em seguida, deu socos em seu rosto.Na confusão,populares começaram a gritar com os policiais.

Na tarde de ontem, ela foi atendida na Santa Casa de Santos, onde fez exames corpo de delito.

Resposta

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirma que o PM prendeu em flagrante no local um homem de 29 anos por tráfico, em Bertioga, e que quando o suspeito estava sendo conduzido à viatura, uma mulher se aproximou e passou a agredir os PMs. “O 21º BPM-I apura denúncia realizada no batalhão. A mulher foi ouvida e as circunstâncias da ocorrência são analisadas para providências legais decorrentes”.