Polícia Federal reabre nesta terça-feira inscrições para concurso público com 1.500 vagas

O prazo extra é voltado a pessoas com deficiência e será encerrado às 18h da próxima quinta-feira (1)

A Polícia Federal (PF) reabre nesta terça-feira (30), às 10h, as inscrições de seu concurso público que prevê o preenchimento de 1.500 vagas para as funções de delegado, agente, escrivão e papiloscopista. A retomada da seleção é exclusiva a pessoas com deficiência (PcD). Os salários variam de R$ 12,5 mil a R$ 23,6 mil.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

A decisão da PF é fruto de acordo fechado pela União com o Ministério Público Federal (MPF), que questionava a exigência de apresentação de um parecer emitido por equipe interdisciplinar e multiprofissional, formada por três profissionais da área da saúde, para validar a participação dos PcDs.

Com isso, até as 18h de quinta-feira (1), pessoas com deficiência interessadas em participar do concurso público podem apresentar somente um laudo médico simples, assinado por um médico e emitido nos últimos 12 meses. O site para inscrição é o da Cebraspe, banca responsável pela seleção.

A taxa de participação varia de R$ 180,00 a R$ 250,00, dependendo do cargo pretendido. Devido à pandemia, a prova da PF já havia sido adiada de 21 de março para 23 de maio. Com exceção do posto de delegado, que exige graduação em Direito, podem concorrer às vagas candidatos com Ensino Superior em qualquer área.

Tudo sobre: