EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

13 de Julho de 2020

Vamos organizar? Aproveite a quarentena para colocar a casa em ordem

ATribuna.com conversou com quem entende do assunto e pegou dicas de como começar a transformação dentro do seu lar; veja por onde começar

Que tal aproveitar a quarentena para ocupar a mente e deixar a casa arrumada? Para quem é especialista em organização de ambientes, o momento é ideal para mudar, renovar e ter uma nova visão sobre os ambientes.

A personal organizer Alessandra Loesch diz que é importante observar o que incomoda dentro de casa e, depois, começar uma arrumação transformadora. “Como as pessoas estão por mais tempo em seus lares, fica mais fácil perceber como é importante focar na organização”.

Ela explica que arrumar e organizar são conceitos diferentes. A organização mexe muito com transformação de ambiente e mudança de energia. Já a arrumação é algo mais simples e pode ser feita por qualquer um, tendo a ver com deixar o espaço mais bonito e ajeitado, focando na estética.

“A organização é feita por um profissional que estudou para isso. É deixar tudo mais prático, funcional e também belo. É uma coisa bem lógica”, explica Alessandra, que defende a organização como algo relacionado a áreas como qualidade de vida e reeducação.

Alessandra Loesch explica que o momento é ideal para ver o que te incomoda e renovar (Foto: Arquivo Pessoal)

O que fazer

O primeiro passo nessa mudança é estar preparado para se desprender e descartar. Faça a triagem do que está em excesso, o que pode ir para o conserto, o que não precisa mais e também o que não cabe. Já o que é mais usado deve sempre ficar a mão, com acesso facilitado, numa altura média. E isso vale para qualquer ambiente da casa.

A personal organizer Alessandra Magalhães Gonçalves tem dado consultoria on-line, e de graça, no Instagram (@ale.organiza). Tudo para ajudar quem precisa de uma mãozinha na hora de se jogar nessa tarefa de colocar a casa em ordem.

Alessandra Magalhães, do @ale.organiza, dá consultoria de graça no seu Instagram (Foto: Arquivo Pessoal)

“É normal olhar, olhar e não saber por onde começar o processo. Antes, não havia muito tempo. Mas, agora, ele existe e deve ser aproveitado. Eu faço lives e ensino o que fazer. São dicas que fazem toda a diferença”.

Um erro comum é a pessoa desabar toda a bagunça de uma vez e querer fazer tudo sozinha, sem uma estratégia definida. “Desse jeito, a pessoa acaba se vendo no meio de tudo ao mesmo tempo e fica sem critério, sem saber por onde começar. O que não é visto, não é lembrado e nem usado. Em 80% dos casos, tudo volta para onde estava”, diz Alessandra.

A personal organizer aconselha a ver sempre a validade de todos os produtos e fazer a tarefa por partes e etapas. “Quando se vê uma parte bonita, organizada e funcional, dá um ânimo para continuar”.

Alessandra explica que muitas peças podem ganhar um novo uso, seja dentro de casa ou até para outra pessoa. E é preciso investir exatamente nisso.

“Coloque uma música que gosta, entre no clima e quem sabe dê até uma dançadinha para entrar no clima da organização. Curta a sua casa e aproveite coisas que antes não tinha tempo de fazer em meio a essa pandemia. Tenha um novo olhar para o seu lar”.

Tudo sobre: