EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

23 de Março de 2019

Uso constante de celular faz surgir nova doença de coluna

Síndrome chamada text neck, ou pescoço de texto, foi tema de congresso

A companhia dos smartphones quase o dia todo trouxe uma nova doença à população, a text neck, ou pescoço de texto, na tradução da língua inglesa. A doença, que atinge principalmente as vértebras cervicais que ficam no pescoço, foi tema do congresso do Dia do Ortopedista, em setembro.

Para o médico ortopedista especialista em coluna do Hospital Igesp, Ricardo Teixeira e Silva, a melhor posição para a coluna é ereta. E o uso do celular por longos períodos dificulta a boa postura. “O uso do celular de forma indevida, por causa do pescoço dobrado para frente, sobrecarrega os ligamentos, a coluna cervical e os discos vertebrais. Ao longo do tempo acontece a dor pelo desgaste das articulações da coluna”, conta.

Leia também:

Dor nas costas lidera afastamentos do trabalho no País

A descrição da nova patologia é recente. O diretor de campanhas públicas da Sociedade Brasileira de Ortopedia (SBOT), Rodrigo Galinari, diz que, embora ainda não haja um estudo científico sobre a frequênciade problemas da coluna causados pelo uso do celular, os médicos têm registrado o aumento de reclamações de pacientes com problemas tanto da coluna cervical como torácica.

“O problema decorre do uso do celular para acessar a internet com o aparelho à altura da cintura, o que leva o usuário a manter a cabeça curvada para baixo por muito tempo, o queixo junto ao peito, o que força a coluna”,afirma.

Teixeira e Silva reforça que o ideal é manter o celular na linha dos olhos. “Isso serve para o trabalho também. Um profissional de contabilidade, que fica o dia todo no computador,precisadecadeira alinhadaparanão odobrar tanto o pescoço e a tela na altura dos olhos”,alerta.

Outra dica do profissional é deixar para passar mais tempo com o celular pousado numa mesa, o que também alivia o problema.

Independentemente disso, é importante que o usuário faça exercícios que diminuam o efeito da posição inadequada. “O exercício mais importante é o alongamento damusculaturadacolunacervical com movimentos de flexão, extensão e rotação lateral do pescoço”, explica o diretor da SBOT.