OMS: resultados de vacina da AstraZeneca são encorajadores

Durante a coletiva, foi reforçado que a OMS espera atingir a imunização por meio de mais de uma vacina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) vê como "encorajadores" os resultados divulgados nesta segunda-feira (23), pela AstraZeneca sobre sua vacina contra a Covid-19, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford. Em coletiva, a cientista-chefe da organização, Soumya Swaminathan, avaliou que o imunizante tem "enormes" vantagens logísticas por conta de sua temperatura de armazenamento, mais simples de se alcançar do que de outras vacinas com resultados divulgados.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

"As boas notícias são que vacinas contra Covid-19 se mostram possíveis de se fazer", afirmou Swaminathan. A menor eficácia da vacina da AstraZeneca, de 62% em alguns casos, não foi vista como um problema, ainda ficando acima do padrão mínimo estabelecido. Durante a coletiva, foi reforçado que a OMS espera atingir a imunização por meio de mais de uma vacina.

"Conseguimos o apoio político do G20 para a distribuição global das vacinas, esperamos também o financeiro", afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom. Segundo ele, são necessários no momento US$ 4,3 bilhões para a iniciativa de entrega de imunizantes, valor que será de US$ 23,8 bilhões em 2021. As soluções bem aplicadas e de forma rápida poderiam gerar um incremento na renda global de US$ 9 trilhões até o final de 2025, afirmou, citando estudo do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Tudo sobre: