EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

8 de Agosto de 2020

Especialista ensina a fazer automassagem para relaxar na quarentena

Veja como se sentir melhor durante o isolamento social

Transformar a solidão do isolamento social em uma oportunidade para se conhecer melhor, inclusive com relação ao seu corpo, é o primeiro passo para dias melhores durante a quarentena por conta da pandemia de coronavírus.

“Praticar uma massagem neste momento é muito importante, pois o nosso corpo é a nossa casa”, convida a professora da área de Saúde e Bem-Estar do Senac São Paulo Adriana Galheigo do Nascimento.

>> Aprenda a fazer automassagem para se sentir melhor durante o isolamento social

Para ela, é bastante significativo vivenciar o toque nos tempos atuais. “Tendo atenção, percebe-se que a massagem é instintiva. É algo que vem naturalmente. A gente não se dá muita conta sobre isso e muitas vezes depende do outro fazendo a massagem para aliviar a dor e a tensão”.

Segundo Adriana, praticar a passagem é um treino. E pela internet é possível conhecer diversas técnicas (veja uma delas ao lado). “Com o tempo, é possível ver a fundo os efeitos da massagem e isso pode ser direcionado para algo estratégico, por exemplo”.

Além de drenar e ativar a circulação, a automassagem é ainda uma prática que alivia a tensão, não tem contraindicações e é ideal para todas as idades, explica a professora.

“É importante ativar os pontos energéticos e também fazer a massagem numa região desconfortável. É fundamental respeitar a energia do seu corpo”, diz Adriana.

Para a massagista Solange Pereira, poucos minutos são necessários para a automassagem relaxante. E ela é uma boa opção para quem trabalha muito tempo sentado ou está sempre em situações de estresse, pois ajuda a relaxar.

“A primeira coisa é separar um canto da casa para essa atividade. Escolha um local calmo, com uma vista agradável, uma luz boa, que seja um ambiente aconchegante. Você pode escolher uma música que lhe acalme e traga boas sensações”.

Solange explica ainda que a automassagem costuma estar associada a outras boas práticas, como meditação, uso de óleos essenciais, boa alimentação e prática de atividade física.

“O importante é começar, como aproveitar enquanto estiver lavando o cabelo para tocar suavemente o couro cabeludo. Ou ainda passar um creme e fazer uma massagem nos pés quando for cortar as unhas. É tudo uma questão de incorporar novos hábitos”.

Casais

A psicóloga especialista em casais Fernanda Vasconcelos recomenda que os casais também aproveitem a massagem para explorar a intimidade e passar mais tempo juntos.

“A massagem traz lembranças de bons momentos e provoca diversas sensações, tanto físicas quanto emocionais. Fazer isso com quem se gosta aumenta a intimidade por conectar as duas pessoas”. 

Tudo sobre: