EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Fevereiro de 2019

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero na Rodovia Anhanguera

Aeronave caiu em cima de um caminhão que trafegava pela rodovia, no sentido interior, próximo à praça do pedágio, e explodiu após o choque

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu após o helicóptero em que estava cair no Km 7 da Rodovia Anhanguera, em um trecho próximo à chegada a São Paulo, no início da tarde desta segunda-feira (11). Ele estava na aeronave com o piloto e o copiloto, que também faleceram.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu em cima de um caminhão que trafegava pela rodovia, no sentido interior, próximo à praça do pedágio, e explodiu após o choque. Não há, ainda, informação sobre o estado de saúde do motorista do veículo, que foi socorrido - ou se havia passageiros no caminhão acidentado.

Os bombeiros informaram que 11 viaturas foram deslocadas para o local no atendimento à ocorrência. As pistas sentido Perus e Anhanguera tiveram parte interditada.

Ricardo Boechat nasceu em Buenos Aires, em 1952. Jornalista, apresentador e radialista, Boechat passou pelos principais veículos de comunicação do país, como os jornais O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil, além de ter sido colunista na revista Isto É. Vencedor de três prêmios Esso, o jornalista também foi diretor de jornalismo na TV Bandeirantes e âncora dos telejornais do grupo.