EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

18 de Janeiro de 2020

Torcedor que brigou com Cueva admite provocação e diz que amigo do atleta atirou garrafa

A confusão ocorreu na madrugada de sábado (28), dentro de uma casa noturna de Santos

Um dos envolvidos na briga com o meio-campo Cueva, na madrugada de sábado (28), em uma casa noturna de Santos, admite que ele e um grupo de amigos xingaram o jogador do Peixe, mas nega qualquer agressão física.

Com receio de retaliações no trabalho, o homem conversou com A Tribuna On-line sob anonimato e explicou como todo o desentendimento ocorreu.

"Nós estávamos na área de fumantes e o Cueva passou junto de uma mulher e dois homens. Somos torcedores do Santos e realmente tiramos uma onda dele. Um dos meus amigos falou: 'Vamos jogar bola, Cueva! Seu cachaceiro'. Ele veio na nossa direção tirar satisfação e discutimos. Tinha uma grade entre a gente, porque ele estava indo embora. Os seguranças também já foram nos afastando", conta o torcedor.

"A confusão era para ter acabado no bate-boca. Mas um dos amigos dele atirou uma garrafa na gente. Nós revidamos e atacamos um copo. Fomos para cima desse amigo do Cueva. Eu nem sei em quem esse copo pegou. Para mim, não foi nada demais, mas estão fazendo o maior xabu por causa dessa confusão", acrescenta o envolvido.

Em entrevista ao jornal peruano RPP News, e em explicações à diretoria e à comissão técnica do Santos, Cueva alegou que apenas reagiu a uma agressão física que sofreu.

À imprensa peruana, o meia também deu sua versão do incidente. "Jantei com um amigo para ver uma proposta do Goiás e, quando saí para ir para minha casa, recebi agressões verbais. É normal que um torcedor queira mais de um jogador, mas houve uma agressão física. Quero me desculpar pelo caso, não estou desrespeitando um torcedor do Santos. Me defendi contra a agressão de uma pessoa x, que jogou uma garrafa em mim", disse o atleta ao RPP News.

"Se a moça não me segura, não sei o que teria acontecido. Quero esclarecer isso porque pode ficar maior", completou o peruano.

Suspenso preventivamente pela diretoria do Peixe, Cueva não foi relacionado para a vitória alvinegra sobre o CSA, por 2 a 0, neste domingo (29), na Vila Belmiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O atleta irá se reapresentar no CT Rei Pelé nesta segunda-feira (30). O departamento jurídico do Santos irá se reunir com representantes do meio-campista para analisar a situação.

Tudo sobre: