EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

24 de Agosto de 2019

Santos e Sampaoli miram continuidade do trabalho, garante Autuori

Diretor de futebol, no entanto, não confirmou a manutenção da multa rescisória do argentino em caso de quebra de contrato

O Santos e o técnico Jorge Sampaoli miram a continuidade do trabalho em 2020. Quem garantiu isso foi o diretor de futebol, Paulo Autuori, em entrevista coletiva concedida na manhã desta quarta-feira (10), no CT Rei Pelé. Com contrato firmado até o final do próximo ano com o Alvinegro, o assunto virou polêmica no fim de semana passado, quando o presidente José Carlos Peres disse, em entrevista no sábado (10), no Morumbi, após o jogo contra o São Paulo, que o treinador havia pedido para retirar a multa de cerca de R$ 10 milhões.  

"Estou começando agora e quando coisas não são claras, geram especulações. Temos que evitar. Não tem nada a ver o pedido de retirada de multa, é problema antigo de contrato e isso foi solucionado. Eu pedi uma reunião, queria há muito tempo tratar com o presidente e o Sampaoli. Com a presença do Gabriel (Andreata, gerente de futebol) também. Definimos as coisas de forma muito clara. Nosso trabalho é pela continuidade, mesmo que não seja característica do futebol. Temos que entender o excelente momento da equipe", disse Autuori. 

O diretor de futebol, no entanto, não confirmou a manutenção da multa rescisória, de cerca de R$ 10 milhões, em caso de quebra de contrato. "Esse tema é sigiloso, tem a ver com contrato. Isso se arrasta há algum tempo. Objetivo da reunião é dar um tempo, sem virar novela. Tudo que havia, que tem a ver com a feitura do contrato e é passado, já foi. Minha preocupação é gerar ambiente tranquilo, com solo fértil para as ideias frutificarem", disse . 

Paulo Autuori frisou a importância de manter o ambiente tranquilo em um momento que a equipe lidera o Campeonato Brasileiro, com 32 pontos, três à frente do Palmeiras e cinco acima de Flamengo e Atlético Mineiro. O time volta a campo neste domingo, às 16 horas, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela 15ª rodada do Brasileirão.