Em casa, garotada do Santos empata novamente pelo Campeonato Paulista

Time comandado por Marcelo Fernandes ficou no 1 a 1 contra a Ferroviária, nesta quarta, na Vila Belmiro. O gol do Peixe foi marcado pelo zagueiro Sabino

A garotada do Santos empatou novamente no Campeonato Paulista. Peixe e Ferroviária ficaram no 1 a 1, nesta quarta-feira (3), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 2ª rodada da competição. O gol do Alvingro Praiano foi marcado pelo zagueiro Sabino, que retornou de empréstimo nesta semana.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

O time foi comandado novamente por Marcelo Fernandes, com diversas novidades, inclusive atuando com uma equipe sem laterais de origem, o que dificultou bastante a vida dos santistas. O jogo não foi bom, mas serviu de experiência para o técnico Ariel Holan avaliar seus atletas.

O Santos considerado titular - enquanto não conta com atletas lesionados e com Covid-19 - enfrenta o São Paulo, no próximo sábado (6), às 19 horas, no Estádio do Morumbi. O time do Santos soma dois pontos no Grupo D.

O jogo

Os cinco minutos iniciais da partida foram de marcação muito forte. O Santos apresentou dificuldade para sair com qualidade. O time de Araraquara também esbarrava com frequência nos homens de defesa do Peixe. O primeiro bom momento do jogo aconteceu aos 12 minutos e foi protagonizado pelo ataque da Ferroviária. Hygor fez boa jogada na linha de fundo e rolou para Vinícius Zanocelo. O meia chutou cruzado, a bola desviou no zagueiro do Peixe e exigiu uma difícil defesa de Vladimir. 

O confronto seguiu com os jogadores do Santos parando na marcação forte da Locomotiva. Ângelo, jovem habilidoso do Santos, tentava alguns avanços com qualidade, porém, não conseguia. Aos 24 minutos, em uma sequência de cobranças de escanteio, o Alvinegro Praiano levou perigo a Ferroviária. Primeiro em um cabeceio do zagueiro Alex, e depois com Ivonei tentando fazer gol olímpico, em um cruzamento bem fechado, exigindo defesa de Saulo.

A bola parada foi o jeito encontrado pelo Santos para ameçar o adversário. Aos 29 minutos, Ivonei cobrou falta pelo lado esquerdo e Sabino acertou belo cabeceio, abrindo o marcador na Vila Belmiro. Primeiro jogo do zagueiro no retorno ao clube após passagem pelo Coritiba.

O time comandado por Marcelo Fernandes melhorou na partida, o que não quer dizer que o jogo ficou bom. Mas aos 38 minutos, Arthur Gomes recebeu boa bola de Ângelo, chutou forte e cruzado, e Saulo chega a dar um tapa na bola.

No final do primeiro tempo, o goleiro Vladimir deu um susto na torcida do Peixe. Saiu errado, entregou a bola para Bruno Mezenga, mas Sabino, bem posicionado, livrou o arqueiro santista do problema. Etapa inicial fraca na Vila Belmiro.

Insatisfeito com o desempeonho na primeira etapa, o técnico Pintado realizou duas modificações ainda no intervalo da partida. E a Ferroviária logo foi em busca do empate. Meritão cruzou no primeiro pau e Arthur Henrique, de cabeça, faz a bola passar muito perto da trave do goleiro Vladimir.

Aos 12 minutos, mesmo com o Santos com maior posse de bola, o jogo seguiu equilibrado e de marcação forte. O time santista nitidamente sentia falta de laterais em campo. A transição não acontecia. A Ferroviária precisava empatar o jogo, chegava com um pouco mais de "pegada", com mais perigo.

E aos 20 minutos, o empenho da Ferroviária deu resultado. Renato Cajá deu bom passe para Felipe Marques, que limpou e soltou ma bomba no contrapé do goleiro Vladimir. Empate na Vila.

Ferroviária melhorou na partida, marcava bem o Peixe, que continuava com dificuldade em fazer infiltrações pelo meio ou pontas. Aos 38 minutos, quase a virada da Locomotiva. Rogério bateu de direita, a bola bateu na marcação e encobriu Vladimir. Para a sorte dos santistas, a pelota foi para fora. Santos começa se fechar e gostar do resultado. 

Ficha técnica:

Santos - Vladimir; Vinicius Balieiro, Alex, Sabino e Wagner Palha (Jhonnathan); Ivonei (Lucas Lourenço), Kevin Malthus e Tailson (Bruno Marques); Arthur Gomes (Guilherme Nunes), Ângelo e Allanzinho (Fernandinho. Técnico: Marcelo Fernandes.

Ferroviária - Saulo; Diogo Mateus, Matheus Salustiano, Xandão e Arthur Henrique; Higor Meritão, Vinicius Zanocelo (Rogério) e Renato Cajá (Anderson Rosa); Hygor (Yuri), Bruno Mezenga (Everton) e Felipe Marques. Técnico: Pintado.

Gols - Sabino, aos 29 minutos do 1º tempo. Felipe Marques, aos 20 do 2º tempo

Cartões amarelos - Vinicius Zanocelo (Fer), Vinicius Balieiro (San), Bruno Mezenga (Fer)

Árbitro - Raphael Claus; Daniel Luis Marques e Leonardo Tadeu Pedro

Tudo sobre: