EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

11 de Agosto de 2020

Escaladora prodígio de 16 anos morre após queda de 150 metros

Luce Douady era esperança de medalha para a França nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A escaladora prodígio e esperança de medalha para a França nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a atleta Luce Douady, de 16 anos, morreu após uma queda de 150 metros enquanto praticava alpinismo com amigos alpes de sua terra natal.

Luce era a atual campeã mundial da categoria “boulder”, modalidade de escalada em rocha, praticada sem o uso de equipamentos de segurança convencionais, como cordas e mosquetões. 

A Federação Francesa de Alpinismo de Montanha lamentou o falecimento da atleta. De acordo com a entidade, Luce era uma atleta muito promissora da equipe francesa e brilhante em competições. "Ela era apaixonada por todas as facetas do alpinismo", diz a nota. “É com imensa tristeza que a comunidade de alpinismo ficou sabendo da morte de uma das suas”, segue o texto publicado no site Federação Francesa de Alpinismo.

Já a Federação Internacional de Alpinismo classificou a jovem como “uma atleta brilhante e talentosa”. 

*com informações do jornal The Guardian

Tudo sobre: