EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

28 de Fevereiro de 2020

Duas vezes campeão do Super Bowl, quarterback Eli Manning se aposenta aos 39 anos

Aos 39 anos, atleta anuncia que deixa NFL após 16 temporadas

Duas vezes campeão do Super Bowl e ídolo do New York Giants, o quarterback Eli Manning, aos 39 anos, anunciou a sua aposentadoria nesta quarta-feira (22), após 16 temporadas na NFL, liga profissional de futebol americano. O anúncio foi feito pela franquia, em uma publicação nas redes sociais.

As duas conquistas aconteceram em 2007 e 2011, quando Eli Manning comandou os Giants nas vitórias sobre o New England Patriots, de Tom Brady.

"Por 16 temporadas, Eli Manning definiu o que representa ser um integrante do New York Giants dentro e fora do campo. É o nosso único duas vezes MVP do Super Bowl e um dos melhores jogadores da história da nossa franquia. Significou algo para Eli ser o quarterback dos Giants e significou ainda mais para nós tê-lo", afirmou John Mara, presidente e coproprietário da franquia.

Eli Manning é filho do ex-quarterback Archie Manning e irmão mais novo do também ex-quarterback Peyton Manning, de 43 anos, que se aposentou em 2016. A decisão de se aposentar acontece após o jogador passar uma temporada na reserva de Daniel Jones, escolhido no draft de 2019, e disputar apenas duas partidas.

Em 16 temporadas na NFL, Eli Manning somou 57.023 jardas aéreas para 366 touchdowns, além de sofrer 244 interceptações.

Ex-treinador do New York Giants, Tom Coughlin, elogiou o agora ex-jogador. "Ele foi incrível em grandes jogos. É um jogador que é ótimo para treinar, focado todos os dias, tinha um enorme orgulho em se preparar e trabalhar. Os companheiros o amavam e jogavam por ele. Ele era um jogador com talento, muita coragem e determinação."

Após se destacar pela Universidade do Mississippi, Eli Manning foi selecionado na primeira posição do draft de 2004 pelo San Diego Chargers, sendo trocado por Philip Rivers, quarto na seleção. O quarterback só defendeu os Giants em sua carreira.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

No one did it better than 𝟏𝟎 #ThankYouEli

Uma publicação compartilhada por New York Giants (@nygiants) em

 

Tudo sobre: