EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

19 de Maio de 2019

José Luiz Tahan

Livreiro da Realejo, editor, ilustrador e idealizador do festival Tarrafa Literária. Nasci em Santos em 1971, comecei como livreiro na mítica Livraria Iporanga aos 18 anos. Em 2001 criei a Realejo Livros e na sequência evoluímos para sermos editores. E, em 2009, estreamos o festival Tarrafa Literária. A parte desses trabalhos todos mantenho o desenho e ilustrações na minha vida. E um futebolzinho também.

A vida no balcão de uma livraria

Abrirei as portas da memória para dividir com vocês causos, passagens e pequenos desabafos, quase sempre divertidos, sempre verdadeiros

Há quase trinta anos, hoje tenho 47, quando comecei tinha 18, vivo por entre livros, leitores, planos econômicos, fases de euforia, fases de desânimo, fases de desconfiança. A certeza é de que o caminho sê feito com energia, com curiosidade sobre as pessoas, suas histórias e, claro, curiosidade sobre este mundo que nos cerca, esse mundo impresso, o dos livros. Se este caminho for percorrido com o olhar atento, ele é incrível de se fazer.

Neste espaço, vou dividir com vocês pequenas histórias, causos, aprendizados e alguma rabujice, por que não? Do dia a dia num balcão de livraria.

Espero que gostem, obrigado pela preferência e voltem sempre!

 

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.