EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

25 de Abril de 2019

Vigas de viaduto na Rodovia Anchieta serão instaladas neste mês

Obras começam nesta segunda-feira, na altura do KM 65, sentido litoral

As vigas de um viaduto, que será erguido na Rodovia Anchieta, começam a ser instaladas a partir desta segunda-feira (15). Os trabalhos, que seguem até quarta-feira (17), estão concentrados na altura do km 65 da pista sentido litoral. Ao todo, 35 vigas serão instaladas, em sete vãos.

Depois de pronto, o viaduto deve facilitar a circulação de quem sai do Porto de Santos com destino à Cubatão e também de quem faz o caminho inverso. De acordo com a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), o usuário que estiver seguindo de Cubatão em direção a Santos e precisar voltar, não vai mais acessar o trecho urbano para fazer o retorno, já que este será feito por baixo do viaduto.

Segundo a concessionária, apesar da extensão do trabalho, que será realizado durante o dia, as intervenções estão previstas para ocorrerem com o menor impacto possível no tráfego da região. Para isso, equipes da concessionária, em conjunto com o Policiamento Rodoviário, organizarão um comboio, que está previsto para ocorrer entre 8h e 18h, para garantir a fluidez do trânsito enquanto houver a realização dos serviços.

Os demais trabalhos também devem avançar em abril, como a construção da passarela na altura do km 64 da rodovia, o viaduto e a passarela na altura do km 62 e o viaduto Alemoa (km 64+560), que futuramente ligará o Porto à pista norte da via Anchieta. Os serviços de terraplanagem, pavimentação e drenagem em todo o trecho da obra também continuam.

Com investimentos de R$ 270 milhões, a entrada de Santos está sendo remodelada entre o km 59 e km 65 da Rodovia Anchieta, para que o tráfego de entrada e saída da cidade ocorra apenas pelas pistas centrais, enquanto fluxo do porto se dê pelas pistas laterais.

Para isso, a via marginal da Anchieta, que atualmente opera em mão dupla, será adaptada para funcionar apenas no sentido do Litoral, enquanto a SP-148 (Avenida Bandeirantes), sob jurisdição do DER, será adequada para operar apenas na direção do Planalto da Capital paulista.

As obras preveem ainda a construção de três viadutos, nos km 62, km 64+560 e km 65, a implantação de vias locais para facilitar o acesso aos bairros Jardim Piratininga, Jardim São Manoel e São Jorge, uma ciclovia do km 60 ao km 65 da rodovia, ligando Jardim Casqueiro e Vila dos Pescadores, em Cubatão, à malha cicloviária de Santos e a implantação de duas novas passarelas nos km 62+500 e km 64+350, em substituição às existentes nestes locais.