EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

14 de Outubro de 2019

Projeto quer utilizar nascimentos de bebês para incentivar plantio de árvores em Santos

Proposta, do vereador Rui de Rosis (MDB), coloca que Prefeitura plante uma muda para cada recém-nascido na cidade

Um projeto de lei, que tramita na Câmara de Santos, quer utilizar o nascimento de crianças para incentivar o plantio de árvores no munícipio. A propositura, do vereador Rui de Rosis (MDB), coloca que a Prefeitura providencie o plantio de uma muda de árvore para cada recém-nascido.

De acordo com o texto do projeto de lei 97/2019, a árvore deve ser colocada, preferencialmente, próximo a residência da família, ou em região degradada do município. Na visão do parlamentar, a proposta visa incentivar o plantio e recuperar áreas degradadas, fazendo um paralelo entre as novas vidas e a renovação da natureza.

“A cidade de Itapemirim, no Espírito Santo, já implantou iniciativa semelhante”, disse Rui de Rosis.

Na cidade capixaba, após o plantio os bebês recebem uma “certidão natural”, com informações sobre os cuidados com a saúde da criança no primeiro ano de vida, fazendo um paralelo lúdico com o desenvolvimento da planta. O documento também tem informações sobre espécie e as coordenadas para a família localizar a árvore que foi plantada.