EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

22 de Outubro de 2019

Sertaneja de Praia Grande vence câncer de mama e realiza sonho de cantar

Rita Garcia não desistiu de seu maior sonho, fez tratamento, e superou a doença

Com o sonho de se tornar uma grande cantora, a sertaneja Rita Garcia é exemplo de uma história de superação. Curada de um câncer de mama, a moradora de Praia Grande conta que a doença serviu apenas para renovar sua fé de que poderia ser uma mulher forte o bastante para realizar seu maior sonho: o de viver da música.

Hoje, Rita tem um currículo louvável quando o assunto é abertura de shows para grandes estrelas da música brasileira. “Já abri para Marília Mendonça, Maiara e Maraísa, Naiara Azevedo, Wesley Safadão, César Menotti e Fabiano, Sérgio Reis, Almir Sater, Raça Negra e vários outros”.

Ela relembra que sua raiz sempre esteve ligada à música. “Sempre gostei de cantar. Meu marido sempre me apoiou, e eu cantava muito em festas de família”. Com o incentivo da família, filhos e marido, Rita passou, então, a se apresentar em um barzinho de Praia Grande junto de um amigo.

Rita Gracia já abriu shows para cantores como Marília Mendonça, sua grande inspiração na música (Foto: Reprodução/Instagram @ritagarciacantora)

A cantora não contava com um imprevisto. Seu parceiro de música, que fazia segunda voz nos shows, sofria de um problema renal crônico, precisou de um transplante e por isso acabou se afastando dos palcos. Sem considerar desistir do sonho de cantar, Rita seguiu carreira solo.

Superação do câncer de mama

Foi quando começou a se apresentar cantando sozinha que Rita foi convidada para fazer um show na ONG Estrela da Mama, de Praia Grande. A ONG desenvolve trabalho voltado a pacientes com câncer de mama. Dias antes do show, a cantora coincidentemente descobriu que tinha câncer de mama. “O show já estava marcado, e eu descobri o câncer em um exame de rotina. Fui lá, fiz o show e não falei nada para ninguém”.

Como seus filhos já eram adultos na época, em meados de 2014, Rita decidiu que seu sonho era maior do que a dificuldade que enfrentaria. “Eu tinha muita fé, e a música esteve na minha vida desde que eu era pequena, mas me motivei ainda mais a realizar um sonho por ter tido esse problema. Ele me motivou a mostrar para as pessoas que nada é impossível”.

A cantora praia-grandense diz que seu estilo favorito de música sertaneja é a 'sofrência' (Foto: Reprodução/Instagram @ritagarciacantora)

Depois do tratamento contra o câncer de mama, a cantora passou a levar a carreira musical mais a sério. Foi então que ela conquistou a gravação de um CD, um contrato com uma gravadora, além de parcerias com renomados produtores.

Cantora sertaneja do litoral, Rita Garcia hoje exibe com orgulho seu videoclipe da música autoral ‘Dedicação Exclusiva’, que conta com mais de 100 mil visualizações no Youtube. Ela finaliza contando que, apesar de gostar de ritmos mais animados, é com a ‘sofrência’ que se identifica. Por isso, decidiu focar em letras mais românticas e já conquistou fãs. Confira o clipe:

Tudo sobre: