'Locomotiva do Bem' entrega cartões sociais para catadores de recicláveis em Peruíbe

Movimento social reuniu apoiadores e voluntários do projeto em frente ao Aquário de Peruíbe e destinou um total de R$ 80.600,00 a 124 catadores da cidade cadastrados pelo projeto

O movimento socioambiental, apartidário e sem fins lucrativos "Locomotiva do Bem Peruíbe", em parceria com Pimp my Carroça e o app Cataki, reuniu nesta semana 124 catadores de recicláveis já cadastrados em frente ao Aquário da cidade, e distribuiu cartões sociais em um valor total de R$ 80.600,00. O evento ocorreu em 7 de setembro.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

“Esta ação foi possível por conta da parceria com a Pimp my Carroça, que levantou os fundos para serem destinados aos catadores de todo o Brasil em meio à pandemia do novo coronavírus. Por conta dessa grande arrecadação, a Locomotiva do Bem Peruíbe pôde entregar o benefício aos 124 catadores que já havia cadastrado em Peruíbe. Eles receberam cartões sociais emitidos pelo Social Bank, com cotas únicas de R$ 650,00 cada”, afirma Talita Guandalini, idealizadora do projeto.

Por meio da distribuição dos cartões sociais, a "Locomotiva do Bem Peruíbe" possibilita que cada catador possa utilizar o recurso na compra ou reforma de sua carroça, ou possa comprar um celular para se cadastrar no app Cataki e ter uma nova fonte de renda. No evento, eles foram acolhidos em tendas e ganharam kits do projeto com camiseta, mochilinha, cartão de identificação, máscaras, ingressos para o Aquário de Peruíbe, copinho de silicone, kit de higiene bucal, álcool em gel, e ainda puderam fazer cortes de cabelos, aferição de pressão e receber orientação jurídica da OAB Subseção de Peruíbe. Alguns receberam bandeirinhas de lona para estilizar as carroças ou bicicletas cargo.

Disponível para Android e iOS, o aplicativo Cataki ajuda a encontrar catadores para recolher em sua casa ou comércio qualquer tipo de material reciclável. Todos os moradores de Peruíbe podem baixar e se cadastrar no app. Aí é só agendar a entrega dos resíduos sólidos (recicláveis) ao catador mais próximo da sua residência ou do seu comércio. Os catadores coletam os recicláveis nos endereços e vendem os materiais nos “ferros-velhos” da cidade, aumentando sua renda.

Tudo sobre: