Prefeitura de Guarujá define estratégias para evitar aumento de casos de Covid-19

A primeira delas teve início na quinta-feira (19), com a implantação de um pedágio educativo para distribuição de máscaras para quem chega ao município

A prefeitura de Guarujá definiu novas estratégias de conscientização e cuidados para conter um novo aumento de casos de Covid-19 na cidade.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços

A primeira delas teve início na quinta-feira (19), com a implantação de um pedágio educativo para distribuição de máscaras para quem chega ao município.

Segundo a administração municipal, um discreto aumento no número de atendimentos nos complexos de triagem montados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Rodoviária e de Vicente de Carvalho já foi sentido, o que motivou a ação.

O pedágio educativo, entre outras ações, foi definido na última quarta-feira (18), em reunião comandada pelo prefeito Válter Suman (PSB) com autoridades da Secretaria de Saúde e representantes dos hospitais privados.

“Precisamos conscientizar a todos que não dá para baixar a guarda. Já é possível observar o aumento de casos e internações de maneira significativa em muitas cidades. Por isso, é fundamental intensificarmos as ações educativas para evitar um novo pico na Cidade”, afirmou Suman.

Pedágio e máscaras

No feriado prolongado do Dia da Consciência Negra, dois pedágios educativos foram realizados nos principais corredores de chegada de veículos à Cidade – pela Rodovia Cônego Domenico Rangoni, em frente ao Paço Municipal Raphael Vitiello, e na esquina das avenidas da Saudade com Dom Pedro I, próximo ao Túnel Juscelino Kubitscheck.

Nesses locais foram expostas faixas com os dizeres "A pandemia não acabou, continue a se proteger" e a distribuição de cerca de 10 mil máscaras de proteção a todos os ocupantes dos veículos. As ações seguem até as 14 horas de sábado (21) e são coordenadas pela Diretoria de Vigilância em Saúde.

Conscientização e atendimento

Para frear uma nova onda de contaminação, o município destacou que manterá as iniciativas de combate à pandemia do novo coronavírus, ativas desde o mês de março.

Entre elas estão as estações de higienização, espalhadas nos principais pontos de circulação de pedestres; os complexos de triagem de pacientes que apresentem sintomatologia compatível; e a manutenção da maioria dos leitos destinados exclusivamente para o tratamento da doença na rede municipal – 118 ao todo para adultos, sendo 45 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 73 de enfermaria.

Também foram definidas diretrizes quanto ao atendimento pré-hospitalar, entre elas a de testagens, sempre de acordo com a quantidade de dias de sintomas informadas pelo paciente, a fim de otimizar a utilização dos dois principais exames existentes para detectar a presença da doença.

Sobre medicamentos, apesar de não haver nenhum que comprovadamente seja capaz de curar a doença, já existe um maior conhecimento sobre o que pode ou não ser prescrito, de acordo com a fase de sintomas que ele se encontra.

Tudo sobre: