Espetáculo celebra os 45 anos da Roseli Ballet

Duas apresentações, neste sábado e domingo, mostrarão o poder da arte

Por: Fernanda Durante  -  24/11/18  -  14:05
  Foto: Rafael Cerqueira / Divulgação

“A arte existe porque a vida não basta”. A frase do poeta brasileiro Ferreira Gullar representa todos que encontram alma na cultura e a transformam na própria existência. Uma dessas histórias é celebrada neste sábado (24) e domingo (25), respectivamente às 20h30 e 18h30, no palco do Teatro Municipal Braz Cubas, em Santos, no espetáculo 45 Anos, que dá início às comemorações de aniversário da escola de dança Roseli Ballet.

“É uma vida dedicada à dança. Eu já estou dando aulas para as filhas das minhas alunas e muitas delas voltaram a dançar agora. Então, temos mães e filhas que fazem aulas. Isso é muito bonito”, conta a bailarina, professora e diretora Roseli Pustiglione.

Ela mesmo vivencia essa experiência com a filha Vanessa Pustiglione, que hoje a auxilia na escola e é seu “braço direito e esquerdo” na profissão.

São os sentimentos que acompanharam essa jornada que ganham o palco em forma de movimento neste final de semana.

O espetáculo conta com 27 apresentações inéditas, de bailarinas com idades entre 3 e 93 anos (isso mesmo!). A escola, aliás, possui uma turma de bailarinas da terceira idade, que Roseli apelida carinhosamente de “minhas meninas”. De 20 alunas no total, oito decidiram colocar o figurino e subir ao palco.

As danças foram coreografadas por Roseli e Vanessa Pustiglione, Larissa Sanches, Gabriela Machado, James Rossi, Claudete Santana, Denise Sion, Denise Santoro, Caio Viriato e André Laaf.

“Elas contam a minha história, focando na parte sentimental. Vamos ter a entrada nesse mundo, do querer bem, as dificuldades, as alegrias e todos os altos e baixos”, afirma.

Para Roseli, a palavra amor é o que resume essa trajetória. “As crianças costumam entrar no balé com 3 aninhos e só as que gostam continuam. Isto cresce no coração delas, porque a dança é algo que exige muito trabalho, dedicação e seriedade”.

Ainda de acordo com a bailarina e responsável pela direção geral e artística da montagem de 45 anos, quem for conferir as sessões terá a oportunidade de assistir belas apresentações. “O público vai encontrar um verdadeiro espetáculo de dança, cheio de aprimoramento, trabalho e dedicação, para que tudo saia bem. Nós trabalhamos muito para mostrar um bom trabalho”.

Além disso, a vontade maior é cultivar em todas as alunas o amor pela dança. “Se conseguirmos plantar uma sementinha no coração delas, como já fizemos antes, ficaremos muito satisfeitos”.

Serviço: Os ingressos para o espetáculo estão à venda na bilheteria do teatro, por R$ 38,00. O Teatro Municipal Braz Cubas fica na Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, em Santos.


Logo A Tribuna