Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Phil Spector, produtor dos Beatles que estava preso por assassinato, morre aos 81 anos

Causa da morte foram complicações de Covid-19

Por: Por ATribuna.com.br  -  17/01/21  -  22:16
Phil Spector foi preso em 2009 após ser julgado culpado da morte de Lana Clarkson, em 2003
Phil Spector foi preso em 2009 após ser julgado culpado da morte de Lana Clarkson, em 2003   Foto: Jae C. Hong/Associated Press/Estadão Conteúdo

Considerado "o maior produtor de todos" por John Lennon, o produtor Phil Spector faleceu aos 81 anos. A confirmação da morte foi feita pelas autoridades da prisão estadual da Califórnia neste domingo (17), onde Spector estava preso desde 2009. Segundo informações do TMZ, ele faleceu de complicações de Covid-19, quando estava em transferência de sua cela para o hospital.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Spector foi diagnosticado com Covid-19 há quatro semanas. O produtor chegou a ir ao hospital, mas retornou bem para a prisão na ocasião. Fontes informaram ao TMZ que ele sentiu falta de ar em sua cela e faleceu no retorno ao hospital.


O produtor era visto como uma das figuras mais influentes da música pop. Décadas antes de sua condenação, foi considerado um visionário pela criação da fórmula de produção "wall of sound" ("parede sonora", em inglês), que mudou a forma de gravação de discos. Spector trabalhou com grupos de sucesso como The Crystals, The Ronettes, The Ramones, John Lennon e The Beatles.


Em 2009, Spector foi acusado culpado pelo assassinato da atriz Lana Clarkson, ocorrido em 2003 em sua mansão, em Los Angeles. A atriz foi encontrada morta a tiros no foyer da casa. Spector negou as acusações, afirmando ter sido um "suicídio acidental". Ele foi condenado a 19 anos de prisão.


*Com informações do G1 e TMZ


Logo A Tribuna