Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Marilyn Manson responde acusações de abuso sexual: 'Horríveis distorções da realidade'

Cantor se manifestou pelo Instagram para desmentir acusações de sua ex-noiva, a atriz Evan Rachel Wood

Por: Por ATribuna.com.br  -  02/02/21  -  15:05
Marilyn Manson foi acusado de vários abusos por cinco mulheres com quem teria se relacionado
Marilyn Manson foi acusado de vários abusos por cinco mulheres com quem teria se relacionado   Foto: Reprodução/Instagram

Marilyn Manson se manifestou publicamente sobre as alegações de abuso sexual feitas por Evan Rachel Wood, sua ex-noiva. O cantor usou seu perfil do Instagram para contar sua versão da história na última segunda-feira (1).


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


"Obviamente, minha vida e minha arte sempre foram ímãs para polêmica, mas essas recentes afirmações sobre mim são horríveis distorções da realidade", disse o cantor em um comunicado postado em seu Instagram.


"Meus relacionamentos íntimos sempre foram inteiramente consensuais com parceiros que pensam como eu. Independentemente de como - e por que - os outros agora estão optando por deturpar o passado, essa é a verdade", concluiu Manson. Sua atual esposa, Lindsay Usich, curtiu a postagem.


A declaração feita por Manson veio horas depois de acusações feitas por pelo menos cinco mulheres: Ashley Walters, Sarah McNeilly, Ashley Lindsay Morgan, uma artista que se identificou como Gabriella e Rachel Wood. Todas detalharam os casos de abuso sexual e emocional que enfrentaram nas mãos do artista, incluindo má conduta sexual, abuso físico, manipulação e alegações de terem sido mantidas em cativeiro contra sua vontade.


Cortes


Após a primeira acusação de abuso, feita por Rachel, Marilyn Mansonfoi cortado das sériesAmerican GodseCreepshow.Segundo informações do site Deadline, a emissora Starz, responsável pela primeira produção, afirmou estar ao lado das vítimas de Manson. A AMC, de Creepshow, informou que o segmento apresentado pelo cantor será substituído.


Além do corte em programas televisivos, o músico também foi desligado de sua gravadora, a Loma Vista Recordings. Em comunicado feito ao portal The Hollywood Reporter, a gravadora afirma que "à luz das alegações perturbadoras de Evan Rachel Wood e outras mulheres nomeando Marilyn Manson como seu abusador, Loma Vista deixará de promover seu álbum atual, com efeito imediato. Devido a esses desenvolvimentos preocupantes, também decidimos não trabalhar com Marilyn Manson em qualquer projeto futuro".


*Com informações do jornal O Globo e da revista Rolling Stone Brasil


Logo A Tribuna