Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Luana Piovani fala sobre assédio na infância: 'Fui molestada sexualmente'

Atriz abriu o jogo sobre ter sido vítima de abuso sexual na infância

Por: Por Estadão Conteúdo  -  26/02/21  -  19:57
Luana Piovani relatou ter sido vítima de assédio sexual na infância, cometido por pessoa próxima
Luana Piovani relatou ter sido vítima de assédio sexual na infância, cometido por pessoa próxima   Foto: Reprodução/Instagram

Luana Piovani falou sobre sua infância em entrevista ao programa Júlia, do canalSICde Portugal, nesta quinta-feira (25). Na ocasião, relembrou o caso de abuso sexual que viveu por volta dos sete anos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


"Foi na minha infância em Jaboticabal. Fui molestada sexualmente. É um assunto que ainda hoje tenho dificuldade de falar. Apesar de já ter iniciado, tenho dificuldade de falar de sexo com os meus filhos por conta da minha lembrança. Pelos dados que temos, sabemos que grande parte das crianças acaba sendo molestada por pessoas muito próximas da família. Foi isso que aconteceu comigo. Não era ninguém da minha família, mas era o meu vizinho", afirmou a atriz no programa português.


Ela contou que não sabia que era assédio, mas percebeu que havia alguma coisa errada. "Eu tinha uns sete anos e sabia que tinha alguma coisa errada porque isso nunca tinha acontecido comigo. Mas ao mesmo tempo, não tinha sido um assunto que eu tinha tido com os meus pais. Não sabia como chegar e dizer aquilo. Eu nem sabia exatamente o que tinha acontecido. Só tinha uma sensação estranha", lembrou Luana.


Entretanto, a atriz destacou que o acontecimento nunca levou a nenhum trauma na vida adulta. "Por isso nunca contei para a minha mãe. Ela soube durante uma entrevista para a Xuxa. O programa acabou e ela me ligou espumando, querendo saber que vizinho era aquele. Fiz terapia durante anos e nunca coloquei isso em pauta. Nunca falei muito de sexo na minha análise", revelou.


Logo A Tribuna