Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Grandes clássicos já devem chegar às livrarias e plataformas no início deste ano

Confira alguns dos lançamentos previstos pelas editoras para este ano entre poesia, infantis, aventuras, relançamentos e até mistério

Por: Egle Cisterna  -  12/01/21  -  13:02
Aventuras, mistério, mais vendidos nas prateleiras em 2020 e muitos lançamentos estão previstos
Aventuras, mistério, mais vendidos nas prateleiras em 2020 e muitos lançamentos estão previstos   Foto: Divulgação

Se 2020 foi um ano em que muita gente aproveitou o isolamento social para retomar a leitura, agora é o momento para que este hábito se fortaleça e seja mantido. E, no que depender de lançamentos literários e obras com novas roupagens, 2021 deve trazer muitas opções de títulos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Figurando na lista dos mais vendidos de 2020 com seus dois livros mais conhecidos no País, 1984 e Revolução dos Bichos (ou Fazenda dos Animais, na tradução literal, o título original que também aparece nas prateleiras este ano), o britânico George Orwell (1903-1950) está no catálogo com lançamentos nas principais editoras brasileiras, como Companhia das Letras, Nova Fronteira, Intrínseca, Globo, Autêntica, L&PM, Antofágica, Biblioteca Azul, Novo Século e Edipro.


A grande oferta de clássicos do autor, com traduções e capas diversas, tem um motivo: as obras de Orwell entraram em domínio público no início deste ano. Isto significa que quem quiser publicar os livros do escritor não precisará pagar pelos direitos autorais do texto original, devido à Convenção de Berna, tratado assinado pelo Brasil e Reino Unido que estabelece que os direitos autorais sobre as obras terminam depois de 70 anos de sua morte.


Dentro deste enfoque de relançamento de grandes clássicos, o público ainda pode esperar com boas opções neste semestre. A Editora Globo, por exemplo, traz o primeiro romance de Samuel Beckett, Dream of Fair to Middling Women (ainda sem título em português), e um volume chamado Disjecta, que reúne ensaios de toda a carreira do autor sobre Mozart, Proust, Rilke, e outros escritores, músicos e pintores.


Estão programados ainda a publicação da coleção em e-book de Honoré de Balzac e o último volume das obras completas de Adolfo Bioy Casares.


Poesia


A Companhia das Letras relança, em edição de bolso, 26 Poetas Hoje, antologia de Heloisa Buarque de Hollanda dos anos 1970, que marcou época e comemora 45 anos. Além dele, a autora apresenta As 29 Poetas Hoje, onde, entre a poesia escrita e a falada, o humor e a revolta, ela reúne uma geração de jovens poetas brasileiras, como Adelaide Ivánova e Stephanie Borges.


Crianças e adolescentes


A editora Zahar traz para o público infantojuvenil Mowgli, reunindo todos os contos do menino criado na selva num mesmo volume.
Depois de lançar sua biografia e o livro Maya, em 2020, a apresentadora Xuxa Meneghel amplia seus títulos infantis. Em Betinho: o amor em forma de criança (Globinho), lançado ainda neste mês, ela conta a história de um menino que conheceu em uma recente viagem à África. Já em Vaquinha Mimi, a apresentadora mostra aos pequenos o respeito aos animais e ao veganismo.


Fantasia e suspense


Dentro da área literária que mais atrai o público jovem, o destaque fica com o A Vida Invisível de Addie LaRue (Editorial Record), de V. E. Schwab. Aguardado para o segundo semestre, a história é uma aventura que se desenrola através dos séculos e continentes, por meio da história e da arte. Para quem gosta de mistério, a dica é A Morte da Sra. Westaway (Rocco), de Ruth Ware, que deve estar em breve nas livrarias. Um thriller, no estilo Agatha Christie, envolve mistério do passado com um assassinato.


Logo A Tribuna