Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Documentário sobre Chacrinha estreia esta semana nos cinemas

Documentário dirigido por Claudio Manoel e Micael Langer traz histórias da vida do apresentador pouco conhecidas do público

Por: Por ATribuna.com.br  -  27/01/21  -  09:58

Mais uma grande personalidade da televisão brasileira terá sua história contada nos cinemas. A biografia da vez é de Abelardo Barbosa, o Chacrinha, que estreia nesta quinta-feira (28) em todo o país.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Depois de suas histórias alcançarem palcos e telinhas, agora é a vez do documentário Chacrinha - Eu Vim Para Confundir e Não Para Explicar estrear nos cinemas com conteúdos inéditos. O longaconta com direção de Claudio Manoel e Micael Langer, e retrata o legado do comunicador, intercalando depoimentos de personalidades, imagens raras de arquivos e entrevistas com o próprio Chacrinha.


Legenda: Cartaz do filmeChacrinha - Eu Vim Para Confundir e Não Para Explicar. Foto: Divulgação

O documentário passa por toda a carreira de Chacrinha e mostra curiosidades de sua vida pessoal, com depoimentos dos filhos Jorge Barbosa e Leleco e da viúva, Dona Florinda. Personalidades como Pedro Bial, Luciano Huck, Rita Cadillac, Boni, Stepan Nercessian, Angélica, Wanderléa, entre muitos outros, lembram os principais acontecimentos na vida do comunicador.


Com uma personalidade difícil, polêmico e controverso, Chacrinha fazia de tudo para estar sempre em primeiro lugar na audiência. Segundo o diretor Claudio Manoel, o documentário faz um resgate realista de sua personalidade. "Pra competir com a vida real, a ficção tem que comer muito arroz com feijão. O filme não é uma apologia ao Chacrinha, a gente não tinha pré-disposição de idolatrá-lo", declara.


Chacrinha - Eu Vim Para Confundir e Não Para Explicar ressalta a relevância do comunicador, mesmo mais de 30 anos após sua morte.Distribuído pela Bretz Filmes, tem produção da Media Bridge com coprodução da Globo Filmes, Globonews e Canal Brasil.


Logo A Tribuna