Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Aos 94 anos, Tony Bennett revela luta contra Alzheimer: 'A vida é um presente'

Cantor, família e colaboradores falaram pela primeira vez no diagnóstico, obtido em 2016

Por: Por ATribuna.com.br  -  01/02/21  -  17:55
Bennett revelou seu diagnóstico de Alzheimer, obtido em 2016
Bennett revelou seu diagnóstico de Alzheimer, obtido em 2016   Foto: Reprodução/Twitter

Tony Bennett, ícone do jazz norte-americano, revelou nesta segunda-feira (1) que está lutando contra o Alzheimer há cinco anos. Aos 94 anos, cantor falou pela primeira vez sobre o assunto em artigo publicado pela ONG norte-americana AARP, que trabalha em questões referentes à população idosa.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O diagnóstico de Bennett foi obtido em 2016. No artigo da AARP, é relatado como a doença dele progrediu nos últimos anos. Segundo a ONG, o cantor não sofreu sintomas mais graves do Alzheimer, como terrores noturnos e depressão, mas sua memória já se encontra debilitada.


Entretanto, Bennett continua ativo em sua carreira musical. Segundo o cantor, gravar novas canções em estúdio tem sido uma espécie de terapia. Ele se prepara para o segundo álbum de duetos com Lady Gaga, com quem lançou Cheek to Cheek, de 2014, álbum vencedor de um Grammy.


"A neurociência não consegue explicar como um homem cuja voz se tornou tão hesitante ao falar — e cuja memória de eventos, pessoas e lugares está largamente perdida — consegue, ao ouvir poucas notas de música, cantar com tanta beleza e expressão. O que [o neurocientista e músico Dan] Levitin nos disse é que a música e o canto emergem de um lugar do cérebro que é totalmente distinto daqueles associados à fala e à linguagem", revela o artigo.


*Com informações do UOL


Logo A Tribuna